Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
3

Filmado ‘gigante das profundezas’ pela primeira vez

Pela primeira vez conseguiu filmar-se o maior peixe das profundezas no seu ambiente natural.

10 de Junho de 2013 às 13:09
O ser vivo captado no vídeo deverá ter cerca de 2,4 metros, mas os cientistas acreditam que pode alcançar até oito metros
O ser vivo captado no vídeo deverá ter cerca de 2,4 metros, mas os cientistas acreditam que pode alcançar até oito metros FOTO: d.r.

Uma equipa de cientistas da universidade pública do Louisiana captou imagens de um peixe-remo no Golfo do México. Para tal, usaram-se submersíveis de controlo remoto com câmaras incorporadas e conseguiram detetar a misteriosa espécie entre 2008 e 2011. Só agora as filmagens foram reveladas.

O peixe-remo gigante foi descoberto em 1772 pelo biólogo norueguês Peter Ascanius.

O ser vivo captado no vídeo deverá ter cerca de 2,4 metros, mas os cientistas acreditam que pode alcançar até oito metros.

O peixe-remo vive entre os 200 metros e um quilómetro de profundidade, sendo muito raro de avistar no seu meio natural.

Apesar de quase nunca ter sido visto no seu meio natural, crê-se que o peixe habite as águas profundas à volta do Mundo, exceto nas regiões polares.

Em 1996, elementos do exército americano encontraram um destes peixes no Oceano Pacífico, junto à costa e San Diego. Este peixe-remo media 7 metros

peixe-remo peixes profundezas ciência golfo do méxico cientistas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)