Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
7

Gel de algas marinhas combate Sida

Cientistas brasileiros começam em Fevereiro a segunda fase de testes a um gel extraído de uma substância encontrada em algas marinhas, que combate a transmissão do vírus VIH. A alga marinha, ‘Dictyota pfaffii’, encontra-se no litoral brasileiro.
17 de Janeiro de 2007 às 00:00
Gel de algas marinhas combate Sida
Gel de algas marinhas combate Sida FOTO: d.r.
“Nesta fase, vamos fazer testes em ratos e em células também vivas do colo do útero”, disse o investigador Luiz Castello Branco, coordenador do estudo, ao jornal ‘Folha de São Paulo’.
Na fase inicial do projecto, que ocorreu nos últimos três anos, a eficiência do medicamento para evitar a transmissão do Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH) foi de 95 por cento.
“Vamos, com certeza, chegar ao produto final com uma eficiência superior a 50 por cento”, afirmou Castello Branco, coordenador da equipa de investigadores de três instituições brasileiras.
Estudos feitos em África indicam que um produto com uma eficiência de 30 por cento já seria suficiente para diminuir em 40 por cento o número de casos no continente mais afectado pela sida. A barreira físico-química criada pelo gel será muito importante em termos de saúde pública, salientou Castello Branco.
Apesar de o projecto ser único no Brasil, a investigação de um gel para a prevenção da sida já é feita por laboratórios nos Estados Unidos e na Europa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)