Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
8

Google espiou utilizadores da Apple

A Google espiou ilegalmente utilizadore da internet que acediam à rede através do navegador da Apple - Safari - com o objectivo de vender publicidade, informou esta quinta-feira o ‘The Wall Street Journal’, indicando que, entretanto, esta prática terminou.
17 de Fevereiro de 2012 às 11:25
Google nega ter violado a privacidade dos internautas da Apple
Google nega ter violado a privacidade dos internautas da Apple FOTO: Reuters

A gigante norte-americana e outras empresas de publicidade terão usado os códigos de programação especiais dissimulados nos comandos do Safari, a fim de vigiar e registar os hábitos de navegação de milhões de utilizadores daquela aplicação da Apple.

Num comunicado enviado ao mesmo jornal, a Google defendeu-se, negando ter violado a privacidade dos internautas: "Esses 'cookies' não recolhem informações pessoais".

"Estamos a trabalhar para colocar um ponto final a essa prática", disse ao jornal um responsável da Apple.

Google Publicidade Privacidade Apple Internet
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)