Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
7

Google lança na Web Summit iniciativa de aceleração para 'startups' de impacto social

Programa de seis meses vai disponibilizar formação, produtos e apoio técnico, bem como programas de 'mentoring' a até 10 'startups'.
5 de Novembro de 2019 às 19:48
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
Web Summit 2019
A Google anunciou esta terça-feira, na cimeira Web Summit, em Lisboa, o lançamento de uma iniciativa de aceleração de seis meses para 'startups' de impacto social, que sigam os objetivos de desenvolvimento sustentável.

"A 'Google for Startups' acaba de anunciar o lançamento de uma nova iniciativa de aceleração para 'startups' [empresas com rápido potencial de crescimento económico] de impacto social que operem de acordo com os objetivos de desenvolvimento sustentável na região EMEA [Europa, Médio Oriente e África]", avançou, em comunicado a empresa.

O anúncio foi dado pela 'sustainability officer' da Google, Kate Brandt, durante a Web Summit, que decorre até quinta-feira, em Lisboa.

Este programa de seis meses vai disponibilizar formação, produtos e apoio técnico, bem como programas de 'mentoring' a até 10 'startups'.

Através desta iniciativa, os responsáveis das empresas selecionadas vão trabalhar diretamente com os engenheiros da Google.

De acordo com a informação disponibilizada na página de internet do programa de aceleração, as empresas vão ser escolhidas de acordo com os objetivos de desenvolvimento sustentáveis da Organização das Nações Unidas (ONU).

As 'startups' da Europa, Médio Oriente e África vão poder candidatar-se a esta iniciativa, que vai começar no início de 2020.

Fundada em 2010 por Paddy Cosgrave, Daire Hickey e David Kelly, a Web Summit é considerada um dos maiores eventos de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo e evoluiu em menos de seis anos de uma equipa de apenas três pessoas para uma empresa com mais de 150 colaboradores.

A cimeira tecnológica, que nasceu em 2010 na Irlanda, passou a realizar-se em Lisboa desde 2016, vai manter-se na capital até 2028, depois de, em novembro do ano passado, ter ficado decidida a permanência da conferência em Portugal por mais 10 anos, após uma candidatura com sucesso.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)