Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia

Impressão digital não oferece segurança ao iPhone 5S

‘Hackers’ publicaram vídeo no Youtube onde mostram a facilidade com que ultrapassam o sensor de dados biométricos.
23 de Setembro de 2013 às 18:14
‘Hackers’ publicaram vídeo no Youtube onde mostram a facilidade com que ultrapassam o sensor de dados biométricos.

O sensor do novo smartphone da Apple que lê a impressão digital foi apresentado como sendo um meio conveniente e inacessível a ‘hackers’. Apenas uma destas duas características é correta. Isto depois de sabermos que a informação guardada no iPhone está acessível a qualquer um.

Num vídeo publicado no YouTube este domingo, dia 22, que já reuniu mais de um milhão de visualizações, os alemães pertencentes ao Chaos Computer Club (CCC), um grupo de ‘hackers’ europeus, mostra a facilidade com que se ultrapassa o TouchID, o sensor do iPhone 5S, apesar deste ser capaz de uma maior resolução que os sistemas para o mesmo efeito.

“A equipa de ‘hackers’ biométricos do CCC conseguiu ultrapassar a segurança biométrica do TouchID da Apple através de meios do quotidiano. A impressão digital do dono do telemóvel, fotografada por uma superfície de vidro, foi o suficiente para criar um falso dedo para aceder ap iPhone 5S bloqueado com o TouchID”, lê-se na mensagem dos ‘hackers’.

Veja o vídeo em baixo que demonstra a facilidade com que este processo é feito.

Apple iPhone 5S segurança impressão digital hacker CCC Chaos Computer Club
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)