Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia

Inventor do Porto acusa gigante Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel

Rui Pedro Oliveira já vendeu a sua casa para investir no processo judicial contra a gigante tecnológica.
Iúri Martins e Catarina Figueiredo 6 de Março de 2019 às 20:53
Rui Pedro Oliveira, inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Rui Pedro Oliveira, inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Rui Pedro Oliveira, inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Rui Pedro Oliveira, inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Rui Pedro Oliveira, inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Rui Pedro Oliveira, inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
Inventor do Porto acusa Huawei de roubar ideia para câmara de telemóvel
O inventor português Rui Pedro Oliveira acusa a gigante tecnológica Huawei de roubar uma ideia para uma câmara 360º externa que é possível encaixar nos smartphones.

O caso envolvendo o inventor do Porto arrasta-se desde 24 de maio de 2014 quando o português se deslocou à sede da Huawei, no Texas, Estados Unidos, para se encontrar com representantes da tecnológica. 

O encontro correu tão bem, segundo Rui Pedro Oliveira, que o português foi abordado para regressar alguns dias depois. Durante a reunião, o inventor terá decidido partilhar todo o processo de funcionamento, juntamente com as duas patentes que estavam pendentes e regressou a Portugal.

Acontece que não recebeu mais nenhum contacto por parte da Huawei até que, em 2017, se deparou com o lançamento da "Huawei EnVizion 360", uma câmara 360º para encaixar em smartphones.

O lançamento da Huawei parece ser uma fotocópia do trabalho desenvolvido pelo português.

Desde então, Rui Pedro Oliveira já vendeu a sua casa para investir no processo judicial contra a gigante tecnológica.
Huawei EnVizion Rui Pedro Oliveira Portugal Porto artes cultura e entretenimento economia negócios e finanças
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)