Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
7

Mães influenciam filhos a fumar

Os filhos de pais fumadores têm mais probabilidades de virem a fumar, sendo que a actuação da mãe tem maior impacte que a do pai no comportamento das crianças. É a conclusão de um estudo realizado pela Universidade do Minho, que analisou o comportamento de 1141 alunos de sete escolas básicas dos segundo e terceiro ciclos de Braga.
30 de Maio de 2007 às 00:00
 Tabagismo das mães é mais importante para jovens que o dos pais
Tabagismo das mães é mais importante para jovens que o dos pais FOTO: direitos reservados
Nas conclusões apresentadas, verificou-se que o número de fumadores diários é maior nos que têm pais fumadores (5,2 %) do que no grupo de pais não fumadores (3,3 %).
O dado mais importante, porém, surge no grupo dos fumadores diários cujas mães são, igualmente, fumadoras. A percentagem de alunos fumadores diários (8,7%) é maior no grupo de alunos cujas mães fumam, contra os 3,1 % nos estudantes cujas mães não fumam.
A percentagem maior de alunos fumadores surge, no entanto, no grupo daqueles cujos pais fumam dentro de casa. Entre nove e dez por cento dos jovens fumadores afirmaram que os pais têm por hábito fumar em casa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)