Marinha nega pirâmide subaquática nos Açores

A Marinha portuguesa afirma que a pirâmide submersa descoberta no mar dos Açores é "apenas uma elevação submarina", semelhante a outras detetadas no Banco D. João de Castro.
04.10.13
  • partilhe
  • 1
  • +

O Instituto Hidrográfico (IH), órgão integrado na Marinha portuguesa, analisou os dados relativos ao Banco D. João de Castro, onde foi detetada uma pirâmide submersa com cerca de 60 metros de altura, e pôs fim à especulação: é apenas uma “elevação submarina, semelhante a outras detetadas” no mesmo local.

A análise foi pedido pelo Governo Regional dos Açores e a cartografia hidrográfica, que pode ver no vídeo, mostra que na área identificada, ao largo da ilha Terceira, não há qualquer montanha submersa à profundidade que o velejador Diocleciano Silva terá identificado, apenas uma elevação mas a 540 metros de profundidade.

Aquilo que o velejador terá ‘descoberto’ é provavelmente o próprio Banco D. João de Castro, cujo topo se situa a 13 metros de profundidade, mas este relevo já foi amplamente estudada.

O IH não confirma assim a estrutura subaquática que tem feito as delícias dos mais crédulos nas últimas duas semanas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
2 Comentários
  • De João07.10.13
    A pirâmide existe!!! Mas as autoridades desdobram-se em desmentidos e mentiras para encobrir aquela que é a descoberta cientifica do século. E como justificam os artefactos recentemente descobertos na ilha do Pico?
    Responder
     
     3
    !
  • De Magda Gama05.10.13
    NÃO SEI NÃO:O Q SEI É Q DIA MENOS DIAS BYE-BYE ILHOTAS DA MADEIRA E AÇORES:LÁ SE VAI O MEU AMOR ARTUR GIL EANES!E TODA A GENTE SABE Q AQUILO POR BAIXO ESTÁ TUDO OCO E É VULCÂNICO:Q.Q. DIA: LÁ VAI AÇORES/MADEIRA QUAL NAVE
    Responder
     
     4
    !