Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
7

NASA e ESA interessadas em desenvolver projetos científicos nos Açores

Em cima da mesa está um projeto de levantamento do lixo espacial.
20 de Novembro de 2014 às 20:29
Agência espacial norte-americana interessada em desenvolver projetos de natureza científica nos Açores
Agência espacial norte-americana interessada em desenvolver projetos de natureza científica nos Açores FOTO: Reuters

O administrador da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) Jorge Gabriel revelou esta quinta-feira que a NASA e a ESA, as agências espaciais norte-americana e europeia, estão interessadas em desenvolver projetos de natureza científica nos Açores.

"Estabelecemos um conjunto de contactos com entidades internacionais, nomeadamente com a agência americana NASA e com a Agência Espacial Europeia [ESA], que têm interesse em desenvolver programas de natureza mais científica nos Açores", revelou. Jorge Gabriel, que falava aos jornalistas na sequência de uma audiência da administração da FLAD com o presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, especificou que o objetivo é aproveitar equipamentos já existentes, designadamente na ilha de Santa Maria (alguns deles já ligados à ESA), e potenciar a posição geográfica do arquipélago em projetos de observação.

O administrador da FLAD referiu, por outro lado, que em cima da mesa está também um projeto de levantamento do lixo espacial, que põe em causa as missões espaciais. Jorge Pereira revelou que a fundação está a trabalhar em outras iniciativas na área da ciência e tecnologia que possam potenciar o desenvolvimento económico dos Açores, como o "reforço significativo" da participação da região no programa comunitário Horizonte 2020.

"Esta ação passa por uma participação mais substancial e efetiva das empresas, câmaras de comércio e câmaras municipais, ou seja, todas as atividades que têm, de alguma forma, uma atividade económica, no sentido de permitir que muitos dos conhecimentos desenvolvidos na universidade possam justamente aportar valor económico a ser utilizado pelas empresas nos seus negócios", explicou.

NASA ESA Açores
Ver comentários