Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
2

Pílula oral acresce risco de tumores

A pílula contraceptiva aumenta o risco de desenvolver cancro do colo do útero, perigo que diminui quando as mulheres deixam de a tomar, revela um estudo ontem publicado na revista médica britânica ‘The Lancet’.
10 de Novembro de 2007 às 00:00
De acordo com a investigação, conduzida pela Universidade de Oxford, o risco é maior se as mulheres tomarem a pílula durante um largo período de tempo. Contudo, se deixarem de tomar o contraceptivo durante dez anos, o risco diminui drasticamente.
Estudos anteriores chegaram a associar a pílula a maior risco de cancro da mama e à diminuição do risco de cancro nos ovários e no colo do útero.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)