Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
1

TikTok limita o alcance nas publicações de utilizadores com deficiência

Empresa ByteDance, detentora da rede social, tem sido alvo de criticas após divulgação de medida.
Correio da Manhã 3 de Dezembro de 2019 às 18:06
TikTok
TikTok FOTO: REUTERS

O TikTok decidiu limitar o alcance dos vídeos de utilizadores detentores de deficiência, segundo o blogue informativo Netzpolitik. Esta medida foi adotada pela empresa chinesa de forma ao combate do bullying baseado na condição física e mental dos usuários.

Foi criada uma lista de 'utilizadores especiais' pelos responsáveis da rede social. Os usuários que integram esta lista são selecionados com base em informações concedidas pelos mesmos nas suas 'bios'.Palvras como Autismo ou imagens de bandeiras LGBT colocadas na biografia dos perfis em questão, ou através de hashtags como #Deficiência e #Gordura, servem como critério para decidir se os videos se enquadram ou não nesta nova política. 

A política adotada pela plataforma tem gerado algumas críticas por ser considerada uma medida que promove a exclusão social. Têm sido ainda levantadas algumas questões morais relativamente à capacidade do moderador para definir um utilizador como autista com base num vídeo de 15 segundos.

Uma porta-voz do TikTok informou a Netzpolitik que esta não será uma medida adotada a longo prazo e admite que, apesar da intenção ser o combate ao bullying, a abordagem não é a mais correta.

O TikTok preocupa-se agora com a legalização da rede social em países como a Alemanha e EUA, onde o crescimento da plataforma se tem mostrado acentuado.  

TikTok Netzpolitik questões sociais deficientes política lgbt autismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)