Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
2

Yahoo deixa de fornecer e-mail na China

Mercado chinês aliou-se à gigante local Alibaba.
19 de Agosto de 2013 às 13:11

As versões chinesas do serviço de correio eletrónico da Yahoo (@yahoo.com.cn e @yahoo.cn) deixaram de funcionar a partir desta segunda-feira, devido à aliança no mercado chinês com o gigante local Alibaba, noticia a Efe.

Ao contrário do que aconteceu com a Google, que abandonou a sua versão chinesa em 2010 por razões políticas, depois de acusar o Governo de Pequim de lançar ciberataques contra os seus servidores, a Yahoo tomou esta decisão por razões comerciais, devido à aliança no mercado chinês com o gigante local Alibaba.

A decisão foi anunciada em abril, tendo a Yahoo deixado de admitir novos utilizadores na sua versão chinesa de correio eletrónico e pedido aos antigos clientes que transferissem as suas contas para a parceira chinesa, com o nome Aliyun.

O Alibaba é a maior plataforma B2B (negócio entre empresas) daquele país asiático e, para alguns analistas, a aliança do Yahoo com esta multinacional tem sido fundamental para a sobrevivência da empresa norte-americana, que foi protagonista nos últimos anos de compras multimilionárias de empresas rivais na Internet.

Fundada em 1994, a Yahoo, com cerca de 700 milhões de utilizadores mensais, detém 20% do Alibaba.

Em 2007, a Yahoo foi severamente criticada por organizações dos direitos humanos depois de ter sido revelado que a empresa tinha disponibilizado informação ao Governo chinês que ajudou a prender dissidentes do país como Shi Tao e Wang Xiaoning.

Alibaba Yahoo e-mail
Ver comentários