Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

A MÃE PODE OPTAR PELA FAMÍLIA

Catarina Jardim (Pimpinha) fala do reencontro
com a mãe e diz que Cinha pode abandonar a ‘Quinta’ antes do Natal.
4 de Dezembro de 2004 às 00:00
Correio da Manhã – Como reagiu quando recebeu o convite da Endemol para visitar a ‘Quinta’?
Pimpinha – Recebi o convite com muita satisfação e fiquei muito contente. Já que se abriu uma excepção para Castelo Branco, faz todo o sentido convidar mais familiares.
– Hesitou em aceitar o convite?
– Não, não tive receio nenhum porque não há nada na ‘Quinta’ que me pudesse causar medo.
– Como foi a visita?
– Foi muito bom, tanto eu como a Isaurinha já tínhamos muitas saudades da nossa mãe. Dela e da Juanita.
– E como encontraram a Cinha?
– Ela estava morta de saudades e pareceu-me que já está um bocadinho saturada do programa. Afinal, são pessoas que têm de conviver umas com as outras 24 horas sobre 24 horas. A nossa visita acabou por ser uma lufada de ar fresco.
– Ficou com boa ideia dos outros residentes?
– Gostei muito de voltar a ver o Pedro Reis, que já conhecia, e gostei muito da Mónica.
– E o José Castelo Branco?
– Eu já conhecia o José e gosto dele, apesar de não gostar de certas atitude dele na casa.
– E quanto ao Alexandre Frota?
– Gostei muito de o conhecer. Eu e a Isaurinha conversámos com todos antes de jantarmos com a nossa mãe e aproveitámos para os conhecer melhor. Agora também se sabe que ele é manipulador, falso e que não conseguia arranjar trabalho no Brasil porque é uma pessoa violenta. Até li numa revista que ele não pagava a pensão ao seu filho...
– No entanto, ainda hoje [ontem], o Alex convidou a vossa mãe para fazer uma peça de teatro na quinta...
– Acho bem que ele não se isole e tente isolar os outros e que seja interactivo com os restantes residentes.
–Admite que a sua mãe vai chegar à final?
– Acho que ela tem hipótese de chegar à final. Mas o Natal está a chegar e na nossa família damos muita importância a esta época.
– Quer com isso dizer que ela poderá abandonar o concurso antes do Natal?
– Se calhar pode. Mas não é uma questão de desistir. É optar por estar com a família, numa altura de grande importância para nós. Se ela não estiver, vamos sentir muito a sua falta.
– E quem poderá então ser o grande vencedor?
– O Pedro Reis.
– A Cinha não...
–[silêncio] Depende. Só se a minha mãe aguentar o Natal...
JORGE SONHA COM 'RICA FILHA'
O almoço de ontem foi marcado por um silêncio inesperado. Não devido a alguma tensão entre o grupo, mas resultado do cansaço do parto da vaca. No entanto, Jorge Monte Real decidiu mostrar um ar da sua graça para quebrar o gelo e confessou aos seus colegas que tinha sonhado com uma das filhas de Cinha. O Conde disse ainda que, no sonho, acabava escondido com a rapariga na horta, não revelando todavia a qual das manas se referia.
Pimpinha, em conversa com o CM, desdramatizou o episódio: “Eu já conhecia o Jorge. Ele é uma pessoa muito engraçada e tem um grande sentido de humor. O que ele disse foi apenas uma pequena brincadeira para quebrar o silêncio”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)