Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

AACS CONTRA DEMISSÃO DE RANGEL

A Alta Autoridade para a Comunicação Social (AACS) deu a conhecer o seu parecer “desfavorável” em relação à forma como Emídio Rangel foi destituído do cargo que desempenhava como director-geral da RTP.
17 de Setembro de 2002 às 12:29
A ACCS, que já tinha sido contra a contratação de Rangel para o cargo, em Setembro do ano passado, considera que o processo de rescisão do contrato foi pouco transparente e justifica o seu voto desfavorável por razões formais..

Com a nova Lei de Televisão, a AACS deve dar o seu parecer prévio à “nomeação e destituição de directores que tenham a seu cargo as áreas de programação e informação, assim como dos respectivos directores adjuntos e subdirectores dos órgãos de comunicação social pertencentes ao Estado”.

No comunicado divulgado pela AACS, é sublinhado que este organismo só foi ouvido depois de Rangel ter sido demitido e não previamente, como exigia a lei. “O parecer, formulado sobre um facto consumado, não é, naturalmente, favorável quanto a alguns dos aspectos problemáticos do processo”, assinala-se.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)