Actriz recusa ser apenas a sensual

São José Correia, a ‘Isabel’ de ‘Deixa--me Amar’ (TVI) considera a sua personagem “uma delicia. Ela é muito divertida, leve, meiga, sensual e sente-se muito bem com sua imagem”.
04.10.07
  • partilhe
  • 0
  • +
Actriz recusa ser apenas a sensual
São José Correia Foto Manuel Moreira
A actriz confessa que, a princípio, teve receio que a ‘Isabel’ se confundisse com a sua anterior personagem, a ‘Leonor’, de ’Ninguém Como Tu’. Mas acredita que as distanciou, “apesar de serem as duas muito para a frente e sensuais”.
Dotada de uma sensualidade natural, a intérprete de ‘Isabel’ não considera difícil fazer um papel de sedutora: “Para mim é tão fácil fazer um personagem sensual como uma com ausência de sensualidade, uma tímida ou uma freira. Sou uma actriz como outra qualquer e sou capaz de fazer muitas coisas”.
“Infelizmente, neste País não fazemos o que queremos. Não vale a pena andarmos aqui com conversa fiada porque as coisas não são como queremos. Não posso dizer que não faço isto porque já fiz três personagens sensuais”. Até porque não há mercado de trabalho suficiente para poder recusar, salienta.
São José lamenta que exista uma “tendência para rotular os actores “. “Não me sinto rotulada nem quero pensar dessa maneira. Um actor transforma-se e é isso que o define. Não quero acreditar que estou rotulada como a gaja sensual, não tem nada a ver”, desabafa.
Na novela ‘Deixa-me Amar’, ‘Isabel’ ainda vai surpreender. E tanto pressiona o amante ‘Carlos’ (interpretado por António Pedro Cerdeira) que este acaba por deixar a mulher e mudar-se para casa dela, no prédio em frente. Mas a paixão é sol de pouca dura.
No entanto, ‘Isabel’ não desanima. E sendo a personagem de São José Correia uma manequim, usa roupas inspiradas nas das grandes divas do cinema dos anos 50, que a fazem sonhar. “Ela é uma manequim sem trabalho e procura tudo o que a tire do bairro [Alfama] e que a faça sentir-se como as actrizes. Aquele cabelo armado, aquelas roupas, os saltos altos, os lábios pintados de vermelho servem para ela se distanciar da triste realidade em que vive”, salienta São José Correia. Pela parte que lhe toca, a actriz gostava que ‘Isabel’ acabasse nos braços de um homem rico e sensual, ao estilo de George Clooney.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!