Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
6

ALEGRIA NA DERROTA

Em Barcelos, a graciosa Flora, de 19 anos, é o orgulho da família. Por três vezes escapou às nomeações, mas no domingo teve de se despedir da escola em que depositava muitas esperanças para um futuro mais risonho.
12 de Abril de 2003 às 17:17
ALEGRIA NA DERROTA
ALEGRIA NA DERROTA FOTO: João Barata / Jorge Godinho
“Esta experiência está a ser fascinante e eu quero viver da música”. Assim decidiu Flora, depois de deixar a “Operação Triunfo“. Feliz com a prestação da jovem está também a família. “Por ter chegado à oitava gala, ela já é uma vencedora. E as lágrimas que houve no domingo foram de alegria e emoção”, afirma Nélson, um dos irmãos da sexta concorrente a deixar a escola da “Operação Triunfo”. Flora, de 19 anos, foi muito acarinhada pelo público, que, por três vezes, a elegeu favorita do concurso.
Como diz o seu irmão mais velho, a participação na “Operação Triunfo” “mudou a vida” de Flora. “Pelo menos a curto e médio prazo. E, para já, ela continua em Lisboa, onde vai dar entrevistas e participar em programas de televisão. E, quem sabe, não surgirá uma oportunidade como apareceu à Filipa, que foi contratada para cantar numa peça de teatro...?”
Em Barcelos, onde vive com a família, Flora está a tirar um curso de secretariado e fundou recentemente, com o irmão e mais três amigos, uma banda para cantar originais ingleses. Os Entropia, como se designa o conjunto, é constituído por um baterista, dois guitarristas e um baixo, e estreou-se já no Histórico, em Barcelos, “o bar predilecto da Flora”.
Entretanto, a família de Flora tem dois favoritos para a vitória na “Operação Triunfo”: “Todos apostam na Sofia e no Filipe Gonçalves”, adianta o Nélson ao Correio TV.
POUCO CONVINCENTE
Apesar de confiante e descontraído, mesmo somando já quatro nomeações, o júri tem entendido que o estudante de Medicina, Manuel, continua a não fazer actuações convincentes. E, no passado domingo, depois do dueto com a portentosa Rosete, o instrumento vocal de Manuel pareceu ainda mais fragilizado. Terá ele capacidade para amanhã dar um golpe de rins?
LIMITAÇÕES VOCAIS
Hugo, engenheiro de profissão, apresenta algumas limitações vocais, e, numa selecção que agora é cada vez mais criteriosa, foi nomeado pela terceira vez, confirmando assim o que costuma dizer um dos membros do júri: “Continuas a ser uma promessa”. Resta agora saber onde festejará Hugo os seus 26 anos, no próximo dia 27. Ainda na escola ou já em casa?
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)