Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Alterações ao Estatuto só com consenso

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva, afirmou, anteontem, durante o debate no ‘Clube dos Jornalistas’, transmitido na 2:, que as alterações ao Estatuto dos Jornalistas (EJ) só avançarão caso reúnam o consenso entre a classe.
27 de Julho de 2005 às 00:00
Augusto Santos Silva
Augusto Santos Silva FOTO: Marta Vitorino
O projecto “só irá para a frente se tiver o apoio da profissão” disse o ministro, frisando que continuará a negociar para obter o acordo dos jornalistas e dos empresários.
A questão mais polémica que esteve em cima da mesa foi a atribuição de competências à Comissão da Carteira Profissional do Jornalista (CCPJ) para sancionar os repórteres infractores. O presidente da CCPJ, Eurico Reis, referiu que a escolha por este organismo será a “menos má”.
Já o presidente do Sindicato dos Jornalistas (SJ), também presente no programa, disse que o sindicato só discutirá a revisão do EJ caso alguns pressupostos estejam preenchidos.
O representante da Confederação de Meios, Albérico Fernandes, defendeu não haver “nenhuma justificação para esta vaga de legislação”, mas, se as sanções são inevitáveis, “é melhor que seja a CCPJ a sancionar do que a nova entidade reguladora, que tem uma base política”.
O ministro Augusto Santos Silva aguarda, agora, o parecer do SJ sobre o anteprojecto, que deverá ser emitido a 15 de Setembro.
Ver comentários