Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

ALTERAR A LEI DA RÁDIO

O presidente da Associação Portuguesa de Radiodifusão, José Faustino, quer que o Governo altere a Lei da Rádio para que o sector possa dessa forma "viver mais descansado" e com "menos restrições".
24 de Fevereiro de 2003 às 00:04
Em declarações à Lusa no final do IX Congresso Nacional de Radiodifusão, que decorreu no passado fim-de-semana em Castelo Branco, José Faustino considera prioritário "elaborar um novo quadro legislativo para o sector" e disse sentir que "o actual Governo tem vontade" de fazer essa revisão.

"É preciso fazer uma alteração na legislação vigente e ter outros procedimentos. Sempre considerámos que a Lei da Rádio e os normativos do sector nunca foram bons e a última revisão foi, na nossa opinião, um desastre e não veio beneficiar em nada o sector", afirmou.

Durante o Congresso da APR, José Faustino foi reeleito para presidente da Associação e, agora com novo mandato, diz ter três objectivos principais: criar um Centro de Formação na Associação, adquirir instalações próprias e permitir que todas as rádios portuguesas estejam ‘on-line’ na Internet.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)