Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

Anacom mantém datas

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) mantém o calendário definido para o desligamento do sinal analógico de televisão, que deverá ser substituído pelo sinal digital até 2012.
27 de Agosto de 2011 às 00:30
Luís Amado da Silva, presidente da Anacom, vai ao Parlamento
Luís Amado da Silva, presidente da Anacom, vai ao Parlamento FOTO: Natália Ferraz

"A Anacom continua a trabalhar para que a migração se faça nas datas previstas", garantiu ao CM fonte da entidade, apesar das notícias que dão conta da intenção do Governo de adiar a introdução da Televisão Digital Terrestre (TDT). O objectivo é evitar que a compra do descodificador, necessário para continuar a receber o sinal de TV, coincida com o anunciado corte do subsídio de Natal.

O processo deverá estar concluído em todo o território nacional até 12 de Abril de 2012 e, até ao momento, "não houve nenhuma indicação formal nem informal da parte do Governo" que contrarie essa data, adianta a mesma fonte.

No entanto, está agendada para 8 de Setembro uma reunião do ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, com os operadores de TV para debaterem o processo. Daqui poderá sair a decisão oficial de adiar a introdução da TDT em Portugal por alguns meses, já que a União Europeia dá até ao final do próximo ano para que os países concluam o processo. Assim, se o ‘apagão’ do sinal analógico for adiado por seis meses, Portugal não corre o risco de entrar em incumprimento.

ANACOM TDT TELEVISÃO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)