Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

António Costa quer gigantes a pagar taxa europeia

Primeiro-ministro admite que Portugal dificilmente consegue avançar sozinho e defende acordo comunitário.
Salomé Pinto 7 de Novembro de 2019 às 08:55
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira, visitaram a Web Summit
António Costa com Brad Smith
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira, visitaram a Web Summit
António Costa com Brad Smith
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro de Estado e da Economia, Pedro Siza Vieira, visitaram a Web Summit
António Costa com Brad Smith
O primeiro-ministro, António Costa, defendeu esta quarta-feira a taxação das grandes empresas tecnológicas como a Google ou a Microsoft, mas "à escala europeia", uma vez que " é difícil taxar isoladamente a nível de cada país, como Portugal", admitiu durante uma visita à Web Summit. 

As receitas provenientes da tributação dos gigantes tecnológicos "terão particular importância no atual momento com a saída do Reino Unido", porque "irão permitir criar novos recursos para a União Europeia", sublinhou António Costa.

Só desta forma será possível "ter um orçamento à medida da nova ambição da União Europeia que é não só fazer bem na política agrícola e de coesão" mas também "apostar na investigação e desenvolvimento, no combate às alterações climáticas e na transição digital".

O Chefe de Governo recordou que "está para breve uma iniciativa da própria OCDE [Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico] para que possa haver essa taxação a nível global". Costa considera "uma concorrência desleal que micro, pequenas e médias empresas paguem impostos e as gigantes não".

Uma das multinacionais que poderão vir a ser taxadas, como defende António Costa, é a Nokia. No palco da Web Summit, em Lisboa, que arrancou na segunda-feira e termina esta quinta-feira, a tecnológica finlandesa anunciou a abertura de um "novo centro de excelência" em Alfragide , Amadora, e a contratação de "mais 100 engenheiros".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)