Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

António Sala:"Exponho-me sem defesas"

A sala de um hotel de cinco estrelas em Lisboa foi pequena para acolher quem quis deslocar-se ao lançamento do livro de memórias de um dos mais conhecidos nomes da rádio, António Sala. A obra autobiográfica foi apresentada esta segunda-feira por Marcelo Rebelo de Sousa.
25 de Outubro de 2011 às 00:00
A apresentação da obra esteve a cargo de Marcelo Rebelo de Sousa
A apresentação da obra esteve a cargo de Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Mariline Alves

"Sendo uma história da vida e de vida, é uma mistura de muita coisa: de muita coisa boa e muita coisa má", começa por explicar aos jornalistas António Sala que esteve ligado à rádio durante 45 anos, sem contar com o percurso televisivo.  

"Exponho-me, sem defesas, a nível pessoal, a nível profissional", acrescenta Sala, enquanto recebe os cumprimentos de vários amigos que vão enchendo a sala. 

Questionado porque é que decidiu escrever, agora, uma autobiografia, o autor tem resposta pronta: "Acho que se deve escrever quando se tem história para contar". O balanço está feito e chama-se "Memórias da Vida e da Rádio dos Afectos", editado pela Oficina do Livro. 

No lançamento do livro estiveram figuras como Tozé Martinho, Ribeiro Cristóvão ou Carmona Rodrigues, ex-autarca de Lisboa e retirado da vida política activa.

antónio sala marcelo rebelo de sousa livro rádio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)