Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Até já passei a ver esta telenovela

"É a primeira vez que tenho uma música como genérico de uma telenovela. E gosto muito. Até já passei a ver a telenovela”, disse Jorge Palma ao CM, a propósito da escolha da sua balada ‘Encosta-te a Mim’ para a abertura de ‘Fascínios’, em exibição na TVI.
3 de Dezembro de 2007 às 00:00
O músico e cantor elogia o trabalho dos actores João Perry e Alexandra Lencastre
O músico e cantor elogia o trabalho dos actores João Perry e Alexandra Lencastre FOTO: Mariline Alves
“Gosto de ver ‘Fascínios’. Estão lá alguns dos meus actores preferido, como o João Perry, a Alexandra Lencastre, a Lia Gama e a Helena Isabel”, acrescenta o artista de 57 anos. “‘Fascínios’ tem um grande elenco”.
A escolha deste tema apanhou de surpresa o cantor e muitos dos fãs de Jorge Palma. Mas a ideia partiu da própria produção. A TVI e a NBP contactaram a editora EMI – Music Portugal para proporem a inclusão do tema ‘Encosta-te a Mim’ no genérico, o que a editora e o músico aceitaram de imediato. A balada integra o álbum ‘Voo Nocturno’, que deu a Palma o primeiro disco de platina, e que lidera, há quase quatro semanas consecutivas, as vendas de discos no mercado português. Jorge Palma adianta mesmo que “o disco está quase a atingir a Dupla Platina, faltam para aí uns cinco mil exemplares”.
“‘Encosta-te a Mim’ é a canção da moda e passa na novela da moda. É uma música que está no ouvido de toda a gente. E nunca me tinha acontecido isto. Sinto-me muito feliz. Está tudo a correr muito bem. Agora, quando saio à rua, oiço as pessoas dizerem-me : ‘Encosta-te a mim’”, conta Jorge Palma.
"A MINHA MÃE ERA A FÃ NÚMERO UM"
Jorge Palma, que tem o Curso Geral de Piano do Conservatório Nacional e que se emociona quando se entrega às teclas, esgotou, no passado dia 20, o Coliseu de Lisboa, onde actuou com a sua banda Os Demitidos e o filho de 24 anos, Vicente Lamy Palma.
Sobre Vicente, comentou ao CM: “O ‘gajo’ toca bem piano. Eu obriguei-o a aprender”. E recordou: “Eu próprio fui influenciado pelo professor Miguel Henriques e obriguei-me a concluir os estudos em piano. A minha mãe era a minha fã número um. Ela gostaria de me ver sempre a tocar Lizt, música clássica... E, quando eu tinha 40 anos, ainda me dizia: “Filho, corta o cabelo, veste-te melhor!” Mas eu insistia em ser quem era e quem sou”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)