Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

Balsemão cobra dívida à Ongoing

O clima de guerra entre Francisco Pinto Balsemão e Nuno Vasconcellos continua em alta. Depois de a Ongoing ter lançado vários processos em tribunal contra o grupo que controla a SIC e o ‘Expresso’, agora é a vez de o patrão da Impresa avançar com uma acção contra o dono do ‘Diário Económico’.
23 de Agosto de 2011 às 00:30
Nuno Vasconcellos (Ongoing) e Francisco P. Balsemão (Impresa) continuam em guerra
Nuno Vasconcellos (Ongoing) e Francisco P. Balsemão (Impresa) continuam em guerra FOTO: João Cortesão

Nas demonstrações financeiras relativas ao primeiro semestre deste ano, a Impresa revela que "foram registadas perdas de imparidade de contas a receber de empresas do Grupo Ongoing, no montante de, aproximadamente, 193 000 euros, tendo-se diligenciado os procedimentos judiciais necessários para a cobrança daquele montante".

Entre as dívidas, estão negócios com três empresas do grupo Ongoing: a tecnológica Mobbit (34 020 €), a Económico TV (104 292 €) e a S.T.& S.F. (54 509 €), empresa que edita o ‘Diário Económico’.

Contactado pelo CM, o grupo Impresa recusou fazer comentários. Já a Ongoing diz ter sido surpreendida com a acção. "Foi com surpresa que recebemos, passados quase dois anos, a informação de que éramos devedores por serviços prestados por empresas do Grupo Impresa", adianta fonte oficial, acrescentando que "a situação foi verificada e imediatamente regularizada". A Ongoing acrescenta "que a forma como este assunto foi tratado mostra que a gestão da Impresa insiste numa posição de guerrilha em relação a um seu accionista, o que só prejudica a empresa e quem com ela trabalha".

ONGOING IMPRESA PINTO BALSEMÃO NUNO VASCONCELLOS
Ver comentários