Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

CAMACHO DESPEDE-SE

Camacho Costa despediu-se ontem da revista no Parque Mayer. “Tenho tantas saudades”, disse o actor à chegada ao teatro Maria Vitória para ver “Lisboa Regressa ao Parque”.
25 de Janeiro de 2003 às 00:37
Apesar de visivelmente debilitado por um cancro, Camacho salientou a importância de recuperar aquele espaço, onde trabalhou durante vários anos, e elogiou a escolha de Frank Gehry: “As ideias do arquitecto americano vão de encontro às minhas”. Admirados, os espectadores aplaudiam a força de vontade do actor conhecido de várias comédias. E eram muitos os frequentadores do local que recordavam as actuações do “Lello”.

Com um nó na garganta, Camacho Costa recordou que há cinco anos não pisava o palco do Parque Mayer e referiu que o último trabalho foi uma peça intitulada “Preço Certo”.

Mas foi após o primeiro acto, quando Camacho subiu aos bastidores, que a emoção tomou conta da sala. Um a um, Diogo Morgado, Noémia Costa, Licínio França, Paulo Vasco e Alice Pires, fizeram questão de abraçar o actor. “Esta noite só conseguimos actuar para ti”, gritou a artista Carla Andrino. “Nós estamos todos contigo, tem força e não te deixes ir”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)