Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
6

Canais televisivos saem da crise

Canais TVI receberam 19,6 milhões em publicidade, uma subida de 5%.
6 de Maio de 2014 às 17:01
Rosa Cullell administradora delegada do grupo Media Capital
Rosa Cullell administradora delegada do grupo Media Capital FOTO: Sérgio Lemos

A crise no mercado publicitário português parece ter terminado. Pelo menos no que a TV diz respeito. Depois da Impresa, dona da SIC, ter apresentado um lucro de 1,2 milhões entre janeiro e março (melhor resultado desde 2007), a Media Capital (MC) obteve 715 mil euros positivos (melhor registo desde 2011), o que compara com o prejuízo de 850 mil euros nos mesmos meses do ano passado.

Ao CM, Olivia Mira, administradora financeira da MC, adianta que as "expectativas" para este ano "são bastante interessantes" e, apesar de não adiantar um valor, revela que o lucro deve ficar acima dos 13,7 milhões do ano transato. A subida das receitas publicitárias justifica este otimismo.

Os canais TVI fecharam o seu segundo trimestre consecutivo com um aumento destes proveitos. Entre janeiro e março, as receitas foram de 19,6 milhões de euros, um ganho de 900 mil euros. E Olivia Mira "acredita" que 2014 vai ser um ano de crescimento, ainda que com números abaixo dos 10%. Já os canais da SIC, no mesmo período, captaram 19,7 milhões (subida de 800 mil euros) em publicidade.

Os números da MC, ontem revelados ao mercado, mostram ainda a melhoria dos resultados na área de produção audiovisual e rádio, onde a publicidade aumentou em 5%.

Em março, a dívida da MC era de 114,9 milhões, inferior aos 194,7 milhões da Impresa.

televisão canais publicidade mercado Media Capital Olivia Mira SIC Impresa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)