Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

China condena jornalista por espionagem

Um jornalista de Hong Kong foi condenado a cinco anos de prisão, na China, depois de um tribunal o condenar por espionagem.
31 de Agosto de 2006 às 10:37
Ching Cheong, correspondente chefe na China do jornal ‘Straits Times’ de Singapura, estava sob detenção desde Abril de 2005, depois de ter sido capturado pela polícia na cidade de Guangzhou, na região sul da China.
As autoridades chinesas acusam o jornalista de ter comprado informação para passar aos serviços secretos de Taiwan, durante um período de cinco anos entre meados de 2000 e Março de 2005.
O julgamento de Ching começou há cerca de duas semanas e decorreu à porta fechada. A família do jornalista e os seu colaboradores no jornal rejeitam, as acusações que recaem sobre Ching.
Não foi emitido qualquer comentário oficial sobre o desenrolar e conclusão do julgamento. No entanto, a agência de notícias chinesa ‘Xinhua’, noticiou esta quinta-feira que Ching fora sentenciado a cinco anos de prisão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)