Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

CM E RECORD BATEM MÁXIMOS

Os jornais Correio da Manhã e ‘Record’, do grupo Cofina, bateram, no mês de Junho, os seus recordes de sempre em facturação publicitária.
3 de Julho de 2004 às 00:00
O ‘Record’ registou um crescimento de 152% face ao mesmo mês de 2003, número que é ainda superior em 31% relativamente ao melhor mês de sempre desta publicação, Junho de 2002, altura em que decorreu o Mundial de Futebol Japão/Coreia.
No mês de Junho, também o CM bateu o seu recorde de sempre em facturação publicitária, registando um aumento de 23% relativamente a Junho de 2003 e um aumento de 15% comparativamente ao mês do último Mundial de Futebol.
No primeiro trimestre do corrente ano, o CM e o ‘Record’ aumentaram a média diária de vendas. O CM vendeu mais 4500 exemplares face a igual período de 2003, registando 119 139 exemplares de circulação paga, o que representa o melhor registo trimestral dos 25 anos de vida.
O ‘Record’, que manteve a liderança nas vendas com 97 mil exemplares, cresceu 22,2%, sendo um dos jornais desportivos que registou maior subida de vendas nos três primeiros meses do ano.
Ver comentários