Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

CM online com nova liderança em ano de todos os recordes

Edição digital do Correio da Manhã foi lida no último mês do ano de 2020 por mais de 3,8 milhões de pessoas.
Daniela Vilar Santos(danielasantos@cmjornal.pt) 14 de Janeiro de 2021 às 01:30
Redação do Correio da Manhã / CMTV FOTO: Sérgio Lemos
O site do Correio da Manhã voltou a ser o preferido dos portugueses no mês passado, o que significou um reforço da liderança absoluta online no encerramento de 2020. Em dezembro, o CM online alcançou 3,8 milhões de leitores, um aumento significativo face aos 3,5 milhões atingidos em novembro, revela o netAudience da Marktest divulgado esta quarta-feira.

De acordo com aquele índice, que mede os consumos de internet em Portugal, o segundo lugar é ocupado pela TVI, que se ficou pelos 3,6 milhões de alcances. Mais atrás ficou o JN (3,2 milhões), seguido muito de perto pelo site da Flash! que no último mês do ano alcançou 2,9 milhões de leitores. O top cinco dos mais lidos é fechado pelo Expresso, chegando a 2,5 milhões de pessoas. Em queda face a novembro surge logo a seguir o DN, que baixou para os 2,4 milhões de pessoas alcançadas. A SIC ficou-se pelos 2,3 milhões de acessos.

Os outros meios do grupo Cofina, ao qual pertence o CM, e além da Flash!, registaram igualmente a liderança dos seus segmentos. O Jornal de Negócios alcançou praticamente dois milhões de leitores no derradeiro mês de 2020, enquanto a revista Sábado subiu aos 1,7 milhões. O Record foi lido por 1,6 milhões de pessoas e a Máxima voltou a registar uma subida e alcançou 700 mil leitores.

A liderança do ranking de grupos foi reforçada pela Cofina, que ultrapassou a rede de sites associados ao agregador Sapo e se distanciou da Global Media e da Media Capital. O primeiro lugar reforçado em dezembro culmina um ano de liderança esmagadora do Correio da Manhã. Em 2020, os leitores do CM estiveram no site 310 711 872 minutos, tendo utilizado para consumo, de mais de mil milhões de páginas, esmagadoramente dispositivos móveis (telefone e tablet) para aceder a textos, vídeos, fotos e, cada vez mais, gráficos e reportagens interativas. Foi com o recurso a novas narrativas que assinalámos o centenário do nascimento de Amália Rodrigues e que seguimos ao minuto as eleições nos EUA.

O CM disponibilizou ainda um site onde continua a acompanhar em permanência a evolução da pandemia de Covid-19 com notícias, explicadores e mapas de situação, conteúdos publicados sem necessidade de subscrição. Mesmo assim, o ano que agora finda registou um aumento recorde do número de assinantes que beneficiaram das vantagens de pertencer ao clube CM+.
Marktest Correio da Manhã Flash Cofina economia negócios e finanças media Informação sobre empresas
Ver comentários