Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Conde até de madrugada

Quem viu sábado à noite a estreia de ‘Bon Chic’ de Castelo Branco na TVI ficou convencido que se tratava de um programa em directo. Não só porque assim tinha sido noticiado pela própria estação, mas também porque, durante o programa, alguns telefonemas deixavam essa ideia no ar. No entanto, tudo não passou de uma emissão gravada na sexta-feira, que se prolongou madrugada dentro.
7 de Março de 2005 às 00:00
António Monteiro Coelho, director das Relações Exteriores da TVI, disse que tudo não passou de uma experiência. “O Castelo Branco fez uma espécie de programa experimental na sexta-feira e se corresse tudo bem podia ser o programa escolhido. Caso contrário, tínhamos a hipótese de o fazer em directo no sábado. Como na sexta correu muito bem e esteve dentro do previsto, optou-se por esse”, afirmou, apesar de acrescentar que vão ser introduzidas alterações. “Num primeiro programa é natural que haja coisas a emendar”.
Em vez de experiência, Castelo Branco considerou este primeiro programa como um “parto”. “Aquilo foi o programa zero. Agora é que vem o filho”, disse ao CM o apresentador, que também defendeu a existência de mudanças. “Acha que vou viver com aquele cenário? Há muita coisa que vai ser mudada”. Mas, apesar de tudo, confessou ter-se sentido muito bem. “Para ser sincero, só me senti preocupado depois de ter feito o programa, no final, porque sou perfeccionista. Fiquei na expectativa de ver como tinha corrido”, revelou.
Relativamente aos telefonemas – incluindo o de Alexandre Frota (“uma boa surpresa” para o ‘marchand’), a pedir desculpa a José Eduardo Moniz e Gabriela Sobral, director-geral e responsável pela produção nacional da TVI, respectivamente – que Castelo Branco recebeu e que deram a ideia de que estávamos perante um directo, aquele responsável adiantou que “era preciso treinar o apresentador. Havia pessoas previamente preparadas para lhe telefonar. Foi uma experiência”.
Segundo dados da Marktest, ‘Bon Chic’ estreou-se em 13.º lugar, com uma audiência de 7,7% (cerca de 700 mil espectadores) e um ‘share’ de 34,4%. “Um programa de estreia, sem qualquer tipo de promoção, registar 40% de ‘share’ e 7,5% de audiência [a TVI contabiliza apenas os quatro canais generalistas, excluindo o cabo], foi um sucesso”, considerou, acreditando que ‘Bon Chic’ tem pernas para andar. Se em directo ou gravado, isso é “uma decisão que será tomada no princípio da semana”.
"ELE FOI MUITO BRANDO"
José Castelo Branco voltou, no sábado, a ‘alfinetar’ Herman José. “Que gorda que ela está”, comentou o estreante, quando viu uma fotografia do humorista em ‘t-shirt’ e tanga.
Apesar de não ter visto ‘Bon Chic’, Herman disse ontem ao CM que já lhe tinham contado a afirmação do ‘marchand’. “Pelo que me disseram, ele até foi muito brando. Naquela altura estava um bocadinho gordo”, afirmou.
Quanto ao facto de o ‘conde’ se ter dirigido a ele no feminino, o apresentador desvalorizou, dizendo que “é assim que ele trata toda a gente”.
No programa, Castelo Branco aproveitou ainda para afirmar que Herman tirou dividendos da ‘Quinta das Celebridades’. “É um bocadinho verdade. Temos tido grandes sucessos à conta da ‘Quinta’”.
No ‘Boca a Boca’, que se estreou na SIC à mesma hora de ‘Bon Chic’, Herman esteve simbolicamente presente, apesar de lhe ter sido pedido para comparecer ao primeiro programa. Para compensar, porque estava a escrever para o seu programa de ontem, participou via telefone.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)