Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

Correio da Manhã é o maior jornal do País

O Correio da Manhã reforçou nos primeiros nove meses do corrente ano o estatuto de maior jornal português. Já é desde 2003 o maior diário, mas no conjunto dos três trimestres ultrapassou em vendas em banca o maior semanário, ‘Expresso’, revelam os dados da APCT (Associação Portuguesa para o Controlo das Tiragens), ontem divulgados.
28 de Dezembro de 2007 às 00:00
Em vendas em banca o CM é o único título que regista uma subida face a igual período do ano anterior (mais 4021 exemplares para 115 285).
O segundo maior diário português é o ‘Jornal de Notícias’, que perdeu leitores face ao ano anterior. Nas bancas o maior jornal do grupo Controlinveste vendeu diariamente menos 26 mil exemplares do que o CM.
‘Público’, ‘24Horas’ e ‘Diário de Notícias’ também perderam nas vendas em banca face a igual período de 2006, mas se contarmos o total da circulação paga, que além das vendas em banca inclui assinaturas e vendas em bloco, o ‘DN’ também sobe.
Na circulação paga o CM é o jornal que tem a maior subida percentual (3,7%) e em número ao passar para um patamar superior a 117 mil exemplares, enquanto o ‘DN’ regista uma evolução de 2,6%, ficando nos 36 810 exemplares.O mercado dos diários generalistas e dos dois desportivos perdeu cerca de 16 mil exemplares. Desconhece-se as vendas de ‘A Bola’, que não são auditadas pela APCT. As revistas ‘Sábado’ e ‘Visão’ escapam à crise, com aumento de leitores, sendo que em vendas em banca a revista da Cofina aproxima-se da rival.Mas se há menos portugueses a comprar jornais há mais gente a lê-los, pois a distribuição dos quatro gratuitos diários (‘Metro’, ‘Destak,‘ ‘Meia-Hora’ e ‘Global Notícias’) oferecem em conjunto mais de 600 mil exemplares por dia.
MAIS DADOS
ECONÓMICOS
Neste segmento lidera o ‘Diário Económico’, com uma venda em banca de 4927 exemplares, o ‘Jornal de Negócios’ vende 2925 exemplares.
FEMININAS
A revista ‘Maria’ é mais vendida do mercado, com uma média de 229 246 exemplares, mas perdeu quota de mercado. A revista ‘Máxima’ vende 52 896, mais 4398 exemplares do que em 2006.
SOCIEDADE
Na área do social registou-se uma queda. A ‘Nova Gente’ mantém a liderança com uma venda em banca de 143 178 exemplares, seguida da ‘Caras’ com 82 440 exemplares.
MÉDIA DE VENDA EM BANCA DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2007 E PERÍODO HOMÓLOGO DE 2006
Jornais generalistas diários e semanários
CORREIO DA MANHÃ – 115 285 (2007) / 111 264 (2006)
EXPRESSO – 113 898 (2007) / 123 122 (2006)
JORNAL DE NOTÍCIAS – 89 223 (2007) / 93 801 (2006)
SOL – 45 379 (2007 – 39 edições) / 124 805 (2006 – 3 edições)
PÚBLICO – 36 922 (2007) / 40 144 (2006)
254 HORAS – 34 869 (2007) / 41 402 (2007)
DIÁRIO DE NOTÍCIAS – 30 154 (2007) / 31 011 (2006)
Jornais desportivos
RECORD – 74 454 (2007) / 78 641 (2006)
O JOGO – 35 492 (2007) / 40 438 (2006)
Newsmagazines
VISÃO – 60 834 (2007) / 52 167 (2006)
SÁBADO – 51 360 (2007) / 40 882 (2006)
FOCUS – 14 794 (2007) / 14 451 (2006)
Fonte: APCT
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)