Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

Criador do Facebook e PM russo juntos para falar de novas tecnologias

O criador da rede social Facebook Mark Zuckerberg reuniu-se hoje com o primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, um reconhecido adepto das novas tecnologias, para debater o mercado russo de Internet, actualmente dominado por empresas locais.
1 de Outubro de 2012 às 15:02
Mark ZuZuckerberg, criador do Facebook, e o primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev
Mark ZuZuckerberg, criador do Facebook, e o primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev FOTO: Reuters

Zuckerberg e Medvedev encontraram-se em Gorki, nos arredores da capital russa, na residência do chefe do Governo russo.

O jovem empresário norte-americano, de 28 anos, que optou por um estilo mais conservador do que é habitual (fato e gravata escuros), ofereceu a Medvedev uma 't-shirt' com o endereço da página pessoal do primeiro-ministro russo no Facebook.

Medvedev é um reconhecido adepto das novas tecnologias, marcando presença nas principais redes sociais online, nomeadamente no Facebook e no Twitter, onde é seguido por 1,5 milhões de pessoas. O chefe do Governo russo detém ainda um blogue.

O governante é igualmente um grande promotor deste sector empresarial e tem como objectivo criar uma "Silicon Valley" russa, à imagem do reconhecido centro de inovação tecnológica localizado na Califórnia, Estados Unidos.

A "Silicon Valley" russa foi um projecto lançado por Medvedev durante o seu mandato presidencial.

Durante o encontro com Zuckerberg, Medvedev sublinhou a importância da rede social norte-americana na Rússia, com cerca de 10 milhões de utilizadores, destacando no entanto que o país criou redes sociais locais, como é caso dos projectos Odnoklassniki e Vkontakte, que dominam o mercado.

A rede Vkontakte foi criada por um jovem russo, Pavel Dourov, que já é conhecido como o "Zuckerberg russo".

Por seu lado, o responsável do Facebook saudou o talento dos programadores russos.

O empresário norte-americano afirmou que veio à Rússia porque o país "tem grandes programadores e aplicações para redes sociais".

O presidente do Facebook acrescentou que está em curso a criação de uma "plataforma global" e que queria encontrar-se com representantes de empresas russas para eventuais parcerias.

Apesar de ser a primeira visita de Zuckerberg ao território russo, o Facebook tem já ligações com o sector empresarial deste país.

O grupo russo Digital Sky Technologies (DST), cujo maior accionista é o oligarca Alisher Usmanov, detém uma participação de pelo menos cinco por cento da empresa liderada por Zuckerberg.

No domingo, o criador do Facebook visitou alguns dos locais mais emblemáticos da capital russa, como a praça Vermelha, como um simples turista, tendo mesmo comido num restaurante de uma reconhecida rede de 'fast-food' norte-americana.

Facebook Rússia Mark Zuckerberg Dmitri Medvedev Encontro Novas tecnologias
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)