Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

Crianças querem mais super-heroínas nos filmes de animação

Estudo foi feito com crianças e adolescentes, entre os 10 e os 19 anos.
11 de Outubro de 2018 às 13:24
Super Homem foi criado por Joe Shuster e Jerry Siegel em 1938. Nasceu no planeta Krypton e foi para a terra ainda bebé. O herói tem super força, sopro congelante e visão raio-X
O Batman foi publicado primeiro em 1939 por Bill Finger e Bob Kane. O herói não tem poderes especiais e desenvolveu objetos de tecnologia avançada para seu uso
O Capitão América estava no exército americano na Segunda Guerra Mundial e tornou-se herói após receber um soro especial para criar super soldados. Joe Simon e Jack Kirby escreveram a primeira história em 1940
A Mulher Maravilha foi criada por William Moulton Marston e Harry G. Peter em 1941. Tem diversas habilidades como força, resistência e agilidade, e usa instrumentos especiais como o laço da verdade
O Homem Aranha foi o primeiro protagonista adolescente das histórias. A personagem é picada por uma aranha radioativa e ganha poderes para escalar superfícies e prever o perigo. O herói foi criado em 1962 por Stan Lee e Steve Ditko
A primeira história do Homem de Ferro foi escrita por Stan Lee e Larry Liebar em 1963. O herói não tem poderes especiais, mas trata-se de um milionário super inteligente que usa tecnologia avançada para combater o crime
Pantera Negra é o primeiro herói negro criado por Stan Lee e Jack Kirby em 1966. É o rei de Wakanda, um país fictício na África, que adquire poderes em num ritual místico
A família de super heróis foi criada em 2004 por Brad Bird. Beto, Helena Pêra e os filhos Violeta, Flecha e Zezé vivem em Metroville. Cada personagem tem um poder especial, como força, velocidade ou habilidade de controlar escudos de plasma
Super Homem foi criado por Joe Shuster e Jerry Siegel em 1938. Nasceu no planeta Krypton e foi para a terra ainda bebé. O herói tem super força, sopro congelante e visão raio-X
O Batman foi publicado primeiro em 1939 por Bill Finger e Bob Kane. O herói não tem poderes especiais e desenvolveu objetos de tecnologia avançada para seu uso
O Capitão América estava no exército americano na Segunda Guerra Mundial e tornou-se herói após receber um soro especial para criar super soldados. Joe Simon e Jack Kirby escreveram a primeira história em 1940
A Mulher Maravilha foi criada por William Moulton Marston e Harry G. Peter em 1941. Tem diversas habilidades como força, resistência e agilidade, e usa instrumentos especiais como o laço da verdade
O Homem Aranha foi o primeiro protagonista adolescente das histórias. A personagem é picada por uma aranha radioativa e ganha poderes para escalar superfícies e prever o perigo. O herói foi criado em 1962 por Stan Lee e Steve Ditko
A primeira história do Homem de Ferro foi escrita por Stan Lee e Larry Liebar em 1963. O herói não tem poderes especiais, mas trata-se de um milionário super inteligente que usa tecnologia avançada para combater o crime
Pantera Negra é o primeiro herói negro criado por Stan Lee e Jack Kirby em 1966. É o rei de Wakanda, um país fictício na África, que adquire poderes em num ritual místico
A família de super heróis foi criada em 2004 por Brad Bird. Beto, Helena Pêra e os filhos Violeta, Flecha e Zezé vivem em Metroville. Cada personagem tem um poder especial, como força, velocidade ou habilidade de controlar escudos de plasma
Super Homem foi criado por Joe Shuster e Jerry Siegel em 1938. Nasceu no planeta Krypton e foi para a terra ainda bebé. O herói tem super força, sopro congelante e visão raio-X
O Batman foi publicado primeiro em 1939 por Bill Finger e Bob Kane. O herói não tem poderes especiais e desenvolveu objetos de tecnologia avançada para seu uso
O Capitão América estava no exército americano na Segunda Guerra Mundial e tornou-se herói após receber um soro especial para criar super soldados. Joe Simon e Jack Kirby escreveram a primeira história em 1940
A Mulher Maravilha foi criada por William Moulton Marston e Harry G. Peter em 1941. Tem diversas habilidades como força, resistência e agilidade, e usa instrumentos especiais como o laço da verdade
O Homem Aranha foi o primeiro protagonista adolescente das histórias. A personagem é picada por uma aranha radioativa e ganha poderes para escalar superfícies e prever o perigo. O herói foi criado em 1962 por Stan Lee e Steve Ditko
A primeira história do Homem de Ferro foi escrita por Stan Lee e Larry Liebar em 1963. O herói não tem poderes especiais, mas trata-se de um milionário super inteligente que usa tecnologia avançada para combater o crime
Pantera Negra é o primeiro herói negro criado por Stan Lee e Jack Kirby em 1966. É o rei de Wakanda, um país fictício na África, que adquire poderes em num ritual místico
A família de super heróis foi criada em 2004 por Brad Bird. Beto, Helena Pêra e os filhos Violeta, Flecha e Zezé vivem em Metroville. Cada personagem tem um poder especial, como força, velocidade ou habilidade de controlar escudos de plasma

É cada vez maior o número de crianças e adolescentes entre os 10 e 19 anos que querem ver mais super-heróis femininos nos filmes de animação, segundo avança um estudo publicado esta segunda-feira.

Cerca de 85 por cento das raparigas e 69 por cento dos rapazes afirmam sentir este desejo. A mesma vontade é expressada por cerca de 88 por cento dos pais das meninas, entre os 5 e 9 anos, e por 75 por cento dos pais dos meninos da mesma idade.

Outro dado avançado é o facto de 80 por cento das crianças de raça negra quererem ver no cinema heróis com uma aparência física semelhante à sua, segundo um estudo feito pela BBC America e pela Women's media Center, publicado no site oficial.

O estudo, com um total de 2431 respostas através de um inquérito online, veio também revelar que há uma lacuna no que diz respeito ao género dos adolescentes e a sua autoestima, concluindo que as raparigas mostram-se menos confiantes e corajosas que os rapazes da mesma idade.

Estes dados estatísticos podem estar relacionados com a presença de protagonistas mulheres em filmes de animação, pela forma como as personagens inspiram o público-alvo.

"As meninas dizem que as suas super-heroínas preferidas fazem com que se sintam fortes, corajosas, confiantes, inspiradas, positivas e motivadas, preenchendo a lacuna de confiança que existe comparativamente aos homens", pode ler-se.

No entanto, dois terços das meninas acreditam ser insuficiente o número de personagens femininas na indústria do cinema e da televisão. Apesar dos números avançados, 90 por cento das adolescentes garantiram que consideram as super-heroínas mais inteligentes e poderosas que os super-heróis.

questões sociais artes cultura e entretenimento grupos populacionais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)