Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

DANIELA FARIA: 'VIVO PARA ESTAR APAIXONADA'

Os portugueses foram impiedosos para com Daniela Faria quando votaram na sua saída e a separaram do namorado. A actriz promete esperar por ele e está disposta a ficar por cá, a encarnar uma qualquer personagem de uma “novela” portuguesa
20 de Outubro de 2002 às 00:13
Correio da Manhã - Ficou zangada com os portugueses por a terem separado de Ricky?

Daniela Faria - Não. Não estou nem um pouco aborrecida. Fui muito bem recebida cá fora, sempre com muito carinho. Houve pessoas que me disseram que não queriam que eu saísse. Mas eu estou muito feliz, cheia de saudades, mas feliz. Estou sobretudo feliz por ter participado neste programa e de ter vindo para Portugal. De uma maneira geral o balanço é mais positivo que negativo.

- Mas lamenta ter-se separado do seu namorado?

- Claro! Mas nós temos tempo. O que importa agora é ele ter força e aguentar lá dentro. Eu estou bem e à espera dele. Eu vivo para estar apaixonada. A minha vida faz mais sentido quando eu estou apaixonada. Não que eu não viva a minha vida intensa e apaixonadamente, mas é muito melhor quando temos uma pessoa do nosso lado.

- O que é que espera do futuro?

- A nível pessoal só depois do Ricky sair é que vamos pensar no futuro. Mas, em termos profissionais, eu tenho vários projectos. Um dos objectivos que me trouxe a Portugal e ao Big Brother foi, além do desafio, vir para cá trabalhar e iniciar uma carreira internacional. Fazer telenovelas em Portugal era uma coisa que eu gostava muito que se concretizasse. Mas, por agora o que eu quero mesmo é descansar. Eu saí da casa muito arrasada emocionalmente. Há um desgaste muito grande, as emoções são muito intensas.

- Isso quer dizer que está a pensar ficar por cá?

- Tenho várias coisas em andamento nesse sentido, mas por enquanto não queria falar no assunto, ainda não está nada assente. Mas acho que sim, que vou ficar a trabalhar durante uns tempos em Portugal. Era esse um dos meus objectivos.

- Já conhece Lisboa?

- Ainda não tive tempo de conhecer nada. Também tenho tido muitos compromissos relacionados com o BB. Fiz vários trabalhos com a Endemol, desde entrevistas a gravações. Ainda não tive muito tempo para parar e organizar a minha vida. Mas uma coisa posso dizer: estou a sentir-me em casa. Um dos meus maiores receios quando aceitei o convite foi não ser bem recebida aqui, um país que eu não conhecia. Mas estou adorando. Sinto falta da minha família e dos meus amigos, mas o telefone ajuda a matar saudades. Além disso fiz novos amigos aqui.

- Tem-se encontrado com os ex-residentes?

- Sim, já estivemos juntos, mas é claro que estou mais com o Matheus (Rocha) que veio comigo, e com a Romana, a pessoa com quem eu melhor me relacionei na casa. Falamos pelo telefone todos os dias.

- Porque é que aceitou o convite para entrar no BB Famosos?

- Queria “dar um tempo” na minha carreira. Conhecer uma nova cultura, pessoas diferentes e trocar experiências. E o BB foi muito importante por isso. Mas, sobretudo, aprendi a acreditar e a aceitar as pessoas como elas são. E isso é muito importante.

Perfil

Daniela Faria era já conhecida em Portugal, através do seu trabalho em várias telenovelas. A última foi “Porto dos Milagres” (SIC), onde deu vida a Haydé, quando veio para o “Big Brother -Famosos”. A actriz, que se casou aos 16 anos e se separou há relativamente pouco tempo, vai tentar fazer carreira em Portugal.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)