Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Demissão de Sócrates de Espanha a Austrália

"Primeiro-ministro português demite-se após chumbo de plano de Austeridade" ou "Presidência de Portugal anuncia demissão de Sócrates" são alguns dos títulos que estão a abrir os principais sites de notícias de todo o Mundo. A crise política em Portugal não está a ser acompanhada apenas pela imprensa portuguesa: o Mundo está de olhos postos em Lisboa e acompanha a par e passo os pormenores sobre a queda do Governo português.
23 de Março de 2011 às 21:38
josé sócrates, demissão, governo, imprensa, mundo
josé sócrates, demissão, governo, imprensa, mundo FOTO: d.r.

Em Espanha, o 'El País' abre a sua versão online com a demissão de José Sócrates após o chumbo do PEC4, esta quarta-feira, pelos partidos da oposição.

"O Parlamento Português rejeita as medidas de austeridade propostas pelo governo socialista, que coloca o país à beira de resgate financeiro",  titula o principal jornal económico espanhol, o ‘Expansion’. 

O também espanhol ‘El Mundo’ titula que foi rejeitado plano para evitar resgate e o maior jornal do pais vizinho.  

O britânico ‘The Telegraph’ coloca a questão do lado dos custos para a Grã-Bretanha dizendo que "Portugal seguiu a Irlanda na crise da dívida,  quando o governo do país na noite de quarta-feira perdeu um voto de confiança  sobre as medidas de austeridade".

Também o ‘Finantial Times’, na edição online em alemão, titula “Portugal agrava crise do euro”, dizendo que é agora maior a probabilidade de o País recorrer ao fundo europeu.  

A edição europeia do mesmo jornal escreve que o governo sai "derrotada na votação de austeridade" e o que poderá "conduzir a um vazio que complicaria as negociações sobre um pacote de ajudas", em Bruxelas.  

"Cenário assustador" e "eleições parecem inevitáveis" é como o jornal de referência alemão ‘Seuddeutsche’ dá a noticia da rejeição do PEC.  

O assunto foi seguido a par e passo pelas agências internacionais, EFE e  France Press, acentuando que o primeiro-Ministro português apresentou a sua demissão menos de duas horas após a rejeição pelo Parlamento do novo programa de austeridade.  

As agências realçam também que a demissão acontece em vésperas de Conselho  Europeu "crucial para a estabilização da Zona Euro". 

Também em França, a imprensa não deixou passar em branco o momento de instabilidade política vivido em Portugal.

Do outro lado do Mundo, na Austrália, o 'The Australian' oferece ao leitor uma longa explicação sobre o debate de hoje na Assembleia da República, explicando até com valores o estado da economia portuguesa.

Pelos EUA, a página do 'The New York Times', apesar de não dar tanto destaque, não deixa de referir a queda do Governo, citando José Sócrates: "Foram retiradas ao Governo condições para continuar a governar".

josé sócrates demissão governo imprensa mundo
Ver comentários