Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Director de TV condenado a prisão

O ex-director da televisão da província de Hainan, no Sul da China, foi condenado a dez anos de prisão por aceitar subornos.
29 de Dezembro de 2005 às 10:09
A condenação de Lu Songlin engrossa a lista de altos funcionários e responsáveis do Partido Comunista da China (PCCh) condenados por corrupção nos últimos meses.
Segundo a Tribunal de Haikou, Lu aceitou o dinheiro, assim como um Rolex avaliado em 6.600 dólares (5.600 euros) durante os seis anos em que ocupou os cargos de subdirector e director da televisão de Hainan.
Lu, de 50 anos, foi detido em Maio passado, confessou o crime e devolveu o dinheiro obtido ilicitamente.
Ver comentários