Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Dona do Porto Canal perde 699 mil euros

Relatório da SAD do FC Porto revela que a Porto Media teve receitas de 6,28 milhões de euros. Custos foram de 6,93 milhões.
Hugo Real 14 de Outubro de 2016 às 08:44
Porto Canal é detido pela Avenida dos Aliados, uma empresa que foi comprada pela Porto Media no ano passado
Porto Canal é detido pela Avenida dos Aliados, uma empresa que foi comprada pela Porto Media no ano passado FOTO: Paulo Duarte
A FC Porto Media, empresa detida em 98,78% pela SAD dos dragões, fechou a temporada de 2015/16 com um prejuízo de 699 mil euros, revela o relatório e contas da sociedade presidida por Jorge Nuno Pinto da Costa. Este valor significa um agravamento face aos números da época transata, quando a empresa obteve um lucro de 191 mil euros.

A explicar este resultado está o agravamento dos custos, que cresceram mais de 2,3 milhões de euros, atingindo os 6,93 milhões. Já as receitas ficaram-se pelos 6,28 milhões de euros, uma subida de 1,4 milhões de euros face à época de 2014/15.

De recordar que, em julho de 2015, a Porto Media concretizou a aquisição de duas empresas, a Avenida dos Aliados e a Miragem. A primeira explora o Porto Canal, enquanto a segunda produz e realiza anúncios, reportagens, documentários e programas para televisão. Este negócio, feito por quatro milhões de euros, acabou por custar aos dragões pouco mais de 3,3 milhões, já que a Porto Media alienou 17% da Avenida dos Aliados, S.A. à Mediapro Portugal. Atualmente, a SAD controla 81,58% da Avenida dos Aliados e da Miragem.

De referir ainda que, na época passada, os dragões atingiram receitas de 22,3 milhões em "direitos de transmissão e distribuição televisiva", uma subida de 5,1 milhões devido aos "rendimentos progressivos" do contrato com a PPTV e ao novo contrato de distribuição do Porto Canal assinado com a Altice em dezembro de 2015.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)