Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

Donas da SIC e da TVI levam 60% dos apoios aos media

Impresa e Media Capital ficam com quase 7 milhões de euros.
Duarte Faria 20 de Maio de 2020 às 08:52
Governo anunciou investimento de 15 milhões de euros para a compra antecipada de publicidade institucional
Governo anunciou investimento de 15 milhões de euros para a compra antecipada de publicidade institucional FOTO: Pedro Simões
A Impresa e a Media Capital vão receber mais de 6,8 dos 11,25 milhões de euros que o Estado alocou para compra antecipada de publicidade institucional para apoiar os media nacionais no contexto da crise provocada pela pandemia da Covid-19.

De acordo com o decreto-lei publicado esta terça-feira em Diário da República, a dona da SIC e ‘Expresso’ poderá receber quase 3,5 milhões, enquanto que o grupo que detém a TVI e a rádio Comercial deverá ficar com mais de 3,3 milhões de euros. Contas feitas, só estas duas empresas ficam com 60% do valor destinado aos órgãos de âmbito nacional.

No total, são 13 os grupos a receber apoio. A Cofina (que detém o CM e a CMTV, e outras publicações) surge na 3ª posição, com quase 1,7 milhões, a Global Media vai receber pouco mais de 1 milhão e o grupo Renascença Multimédia 480 mil euros.

No último lugar surge a sociedade Avenida dos Aliados, dona do Porto Canal, com 23 mil euros, o Observador, com perto de 20 mil, e a Swipe News (Eco), com quase 19 mil euros.

Serão ainda distribuídos cerca de 2 milhões por jornais regionais e 1,7 milhões por rádios regionais ou locais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)