Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Dr. Lecter apoia agente Graham nas investigações criminais

História segue regras de suspense definidas por Hitchcock      

12 de Abril de 2013 às 15:30

A parceria entre o Dr. Lecter e o detetive Will Graham ao longo de ‘Hannibal’ é "uma relação de verdadeiro amor e ódio". É desta forma que o argumentista Bryan Fuller define a espinha dorsal Da série que o canal AXN estreia segunda-feira, às 22h25.

‘Hannibal’ acompanha o trabalho de Will Graham (Hugh Dancy), um detetive do FBI que tem a capacidade de ‘ler’ o pensamento dos assassinos em série. Mas, sempre que encontra dificuldades para perceber co-mo funcionam aquelas mentes retorcida, pede a colaboraçãp do dr. Hannibal Lecter (Mads Mikkelsen), considerado o melhor psiquiatra do país.

Sem que o agewnte especial o saiba, o médico também tem a perceção dos crimes com que ambos se deparam, e as motivações dos assassinos que os cometem. Num verdadeiro jogo do gato e do rato que se desenvolve ao longo de cada episódio, descobre-se que Graham e Hannibal têm mais afinidades do que, à partida, ambos poderiam imaginar.

Apoiada nos princípios de suspense definidos por Alfred Hitchcock, a série remete o espectador para a surpresa face às ações do psiquiatra, levando-o a aperceber-se de que se trata de um assassino à beira da explosão, sublinha Bryan Fuller. ‘Hannibal’ teve uma estreia promissora nos EUA na NBC há uma semana, com mais de 4,36 milhões de espectadores.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)