Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Espanhóis já têm 33%

A Prisa, grupo espanhol de comunicação, já detém 33 por cento da Media Capital, empresa de Miguel Pais do Amaral, depois de ter oficializado o direito de opção sobre a participação da Vertix no grupo luso. A Autoridade da Concorrência tem agora de ser notificada num prazo de sete dias, para pronunciar-se sobre o negócio, que envolveu 190 milhões de euros.
4 de Novembro de 2005 às 00:00
Pais do Amaral e Luís Cebrián (Prisa) quando selaram acordo
Pais do Amaral e Luís Cebrián (Prisa) quando selaram acordo FOTO: DR
A venda da Media Capital aos espanhóis da Prisa entra agora numa segunda fase, que tem um prazo de 39 meses para se concretizar. O mesmo quer dizer que até Março de 2008 a Prisa pode exercer o direito de preferência sobre as acções de Pais do Amaral e os restantes accionistas envolvidos na transacção – Courical, Berggruen e Partrouge –, que totalizam 13,3 por cento.
O grupo de Jesus de Polanco terá de desembolsar entre 71 a 79 milhões de euros.
Se assim for, a Prisa será obrigada a lançar uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a totalidade da Media Capital, uma vez que passará a deter 46,32 por cento do capital da empresa (acima do limite de 33 por cento expresso no Código de Valores Mobiliários).
As acções da Media Capital fecharam ontem a cair 0,60 por cento para 6,64 euros, na Euronext Lisboa.
Ver comentários