Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

Estação pública quer novo painel

Guilherme Costa quer que a Comissão de Análise de Estudos dos Meios (CAEM) substitua o painel de medição de audiências da GfK. O presidente da RTP antecipou, assim, a análise da empresa pública ao relatório final da auditoria da PwC sobre o sistema de medição de audiências em Portugal, que será discutido nos próximos dias.

13 de Julho de 2012 às 01:00
Guilherme Costa, presidente do conselho de administração da RTP
Guilherme Costa, presidente do conselho de administração da RTP FOTO: Diogo Pinto

Numa análise sustentada em pareceres de especialistas das universidades Técnica, Nova e Católica, Guilherme Costa afirma: "os resultados do actual sistema de medição de audiências não são credíveis". E, por isso, pretende que se encontre uma solução em sede de auto-regulação" ou, "em alternativa, somos obrigados a recorrer às autoridades regulatórias ou judiciais", referiu.

Luís Marques, presidente da CAEM, disse ao CM que a auditoria foi distribuída pelos associados, que deverão analisá-la "e tomar as suas decisões, em função das quais, actuaremos em conformidade". Quanto à sua posição como director-geral da SIC, afirma: "Estamos a analisar o relatório, mas achamos que este assunto deve ser tratado no âmbito da auto-regulação".

Contactado, José Fragoso, director de Conteúdos da TVI, preferiu não se pronunciar por considerar prematuro fazê-lo sem uma análise rigorosa.

Já Guilherme Costa não hesitou em criticar o novo sistema: "Não podemos ser prejudicados por shares e ratings que não correspondem à verdade" e que esta polémica pode prejudicar o processo da privatização.

Para a RTP, "o relatório conclui que o painel de medição de audiências em Portugal não é representativo".

Audiências regulação hipótese RTP painel Guilherme Costa CAEM Gfk
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)