Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

Estou mais que preparada

Vanessa Oliveira, apresentadora de ‘Notícias da Quinta’.
16 de Março de 2005 às 00:00
Correio da Manhã – Regressa à apresentação de ‘Notícias da Quinta’. Vai manter a mesma atitude ou há alguma coisa que pretende mudar?
Vanessa Oliveira – Sempre a melhorar. Estamos num programa em directo e há sempre pormenores da minha apresentação, da forma de falar que podem ser melhorados. Não é que estejam mal. Cada dia aprendemos mais.
– Foi difícil estrear-se em directo?
– Foi complicado, os nervos eram muitos e não posso dizer que cheguei ao fim sem nervos. Nem as pessoas mais experientes, quando entram em directo, não têm aquele nervoso miudinho. Nunca tinha feito algo em TV e começar em directo... mas é sempre uma óptima experiência, pois ganho bagagem para conseguir fazer outras coisas mais facilmente.
– E agora, sente-se mais confortável?
– Desta vez vai ser assim: há os batimentos cardíacos mais acelerados a 30 segundos de entrar no ar. E estabiliza passado um minuto de programa.
– Como lhe parece a nova ‘Quinta’?
– Parece-me muito bem, sem querer dizer mais nada.
– E as novas celebridades?
– Também muito bem. Vamos ter pessoas diferentes da primeira edição e é isso que vai satisfazer a curiosidade das pessoas.
– O concurso terá o mesmo impacto?
– Sinceramente, acho que vai ter o mesmo. O que o público gosta de ver é a vida privada das celebridades, sejam elas quem forem. Na primeira ficou-se a saber as dez mil coisas sobre aquelas celebridades e agora vai ser exactamente a mesma coisa.
– Qual o balanço que faz do seu desempenho nos blocos diários da TVI?
– Muito bom. Trabalhei imenso, dediquei-me de corpo e alma para que o meu trabalho fosse bom e reconhecido. Aprendi imenso, diverti-me e trabalhei muito.
– Quer continuar neste tipo de programas ou o seu caminho é outro?
– Gosto muito de entretenimento, mas não faço ideia de qual o programa que gostaria de fazer. Acho que um apresentador de TV tem que se adaptar ao projecto que abraça. Para mim, este é o segundo projecto e vou agarrá-lo com a mesma força que agarrei o primeiro. Se me propuserem outro programa, vou agarrá-lo com unhas e dentes para que o meu trabalho seja reconhecido.
– E conduzir sozinha um programa?
– Vamos com calma! Tudo é uma questão de tempo e de aprendizagem. Se uma pessoa trabalhar, tudo virá a seu tempo.
– Está preparada para mais alguns meses de trabalho?
– Que remédio. Mas não posso dizer que não descansei. Segunda-feira foi um dia atarefadíssimo, terça a mesma coisa. Portanto, estou mais do que preparada.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)