Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

EXPULSOS

Os dois jornalistas europeus, um belga e um francês, e o tradutor norte-americano de origem Hmong, condenados a 15 anos de prisão no Laos, foram ontem libertados e expulsos do país. Isto, apesar de dois dias antes as autoridades locais terem dito que a sua libertação seria no dia 14.
10 de Julho de 2003 às 00:00
 Os jornalistas europeus
Os jornalistas europeus FOTO: Sukree Sukplang/Reuters
Os três homens embarcaram, cerca das 16h30 locais (10h30 de Lisboa), num avião da Lao Airlines para Banguecoque, testemunhou um jornalista da France Presse.
Momentos antes, o embaixador de Laos em Paris, Sutsakhone Patham- mavong, anunciava que os jornalistas e o tradutor tinham sido libertados e "enviados às respectivas embaixadas".
O francês Reynaud, de 38 anos, o belga Falise, de 46, e o tradutor Naw Karl Mua, de 44, foram detidos quando faziam uma reportagem sobre a rebelião Hmong. Os três homens tinham sido condenados por um tribunal do nordeste do Laos a 15 anos de prisão por "obstrução do trabalho das forças de ordem" e por "posse ilegal de explosivos".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)