Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
5

Fácil, barato e com audiências garantidas

Quando chegam a Portugal já fizeram sucesso no Mundo. Os concursos de talentos invadiram as TV nacionais e vão continuar em 2011. A SIC é o canal que mais aposta neste género
26 de Novembro de 2010 às 00:00
Bárbara Guimarães vai regressar ao ecrã para apresentar 'Portugal tem Talento'
Bárbara Guimarães vai regressar ao ecrã para apresentar 'Portugal tem Talento' FOTO: Duarte Roriz

Enquanto ‘Ídolos’ e ‘Operação Triunfo’ vão fazendo o seu percurso na SIC e na RTP1, respectivamente, outros concursos de talentos perfilam-se já nas grelhas das três estações generalistas. É o caso de ‘Portugal tem Talento’, que será conduzido por Bárbara Guimarães, ‘Factor X’ e ‘Achas que Sabes Dançar?’, as três grandes apostas da SIC para a sua grelha de 2011.

A estação de Carnaxide está a investir forte nestes formatos e prova disso é o reforço dos montantes gastos na área de entretenimento. Se, a 30 de Setembro de 2009, o canal tinha compras de 745 mil euros para estes programas, na mesma data deste ano o valor triplicou para os 2,3 millhões. Apesar disso, são formatos bem mais baratos do que, por exemplo, os programas de ficção nacional.

"Os concursos de talentos são um bom género televisivo. São interactivos e mexem com as pessoas que querem concorrer, e com quem assiste ao programa e toma partido por um ou outro concorrente. São formatos muito abrangentes e destinam-se a gente de várias idades", explica à Correio TV Nuno Santos, director de programas da SIC.

Quando chegam ao mercado nacional, a maior parte destes programas já fizeram um percurso de sucesso pelo Mundo, como explica Nuno Santos: "Estes formatos são um género televisivo dominante em todos os grandes mercados. A SIC tem, neste momento, programas que são líderes de audiências em países como França, Inglaterra, Alemanha e Estados Unidos, os grandes mercados mundiais."

Depois de ‘Ídolos’, em exibição aos domingos, ‘Portugal tem Talento’ é o concurso que se segue na SIC, com as inscrições a decorrerem a "bom ritmo". Bárbara Guimarães, que recentemente foi mãe, vai regressar ao pequeno ecrã na apresentação deste formato, que já foi conduzido na RTP1, por Sílvia Alberto, em 2007. "É verdade que o programa já foi transmitido na RTP mas o que nós vamos apresentar nada tem a ver com o que foi exibido, uma vez que actualizámos o formato", esclarece Nuno Santos.

Sobre a possibilidade de um canal exibir um formato anteriormente transmitido por um concorrente, Frederico Ferreira de Almeida, produtor da Fremantle, que faz o ‘Ídolos’, ‘Portugal tem Talento’, e está a negociar com a SIC ‘Factor X’, explica: "Há prazos para se exercer os direitos sobre determinado formato. Quando a RTP1 transmitiu o ‘Portugal tem Talento’, o programa ainda não estava afinado."

Outro formato que poderá regressar à grelha da SIC é ‘Achas que Sabes Dançar?’, cuja primeira edição, apresentada por João Manzarra, foi um êxito de audiências. "É bem possível que volte", adianta Nuno Santos.

‘Portugal tem Talento’, a próxima grande aposta da SIC, é a versão portuguesa de ‘Got Talent’, um original britânico que estreou em 2006 e hoje é exibido em mais de 30 países. O programa mistura cantores e dançarinos com mágicos, comediantes e artistas de diferentes áreas, passando pelos talentos mais inusitados. Os concorrentes competem por um prémio em dinheiro que, nos Estados Unidos, gira em torno dos 750 mil euros. Já ‘Factor X’ é um formato semelhante a ‘Ídolos’. O original britânico estreou em 2004, tem sido responsável pela descoberta de grandes vozes, como é o caso de Leona Lewis, em 2006. Considerada a maior competição de talentos da Europa, a sexta edição de ‘Factor X’, exibida no Reino Unido, teve uma audiência média de 19,7 milhões de espectadores e um share de 63,2%.

Frederico Ferreira de Almeida, produtor de ‘Ídolos’, que nos EUA já vai na 10.ª temporada e continua líder de audiências, anuncia que "os programas de talentos vão ser uma tendência para 2011", uma vez que têm a particularidade "de evoluir com a própria sociedade, dado que os talentos vão crescendo e outros vão nascendo. O talento está sempre em renovação". Questionado sobre se considera o ‘Ídolos’ serviço público, o produtor da Fremantle afirma: "Há, em Portugal, um certo constrangimento no modo como os jurados classificam o desempenho dos concorrentes. E há também na nossa sociedade uma forma de estar muito complacente, apesar de as pessoas não terem jeito nenhum para cantar, dançar, patinar, ser carpinteiro, nós temos sempre uma palavra de estímulo. Esta frontalidade do júri perdeu-se na nossa sociedade".

Francisco Rui Cádima, crítico de televisão e professor universitário, diz que "a tendência da televisão generalista, sobretudo em mercados débeis como o português, é para aligeirar e padronizar o ‘prime time’ em torno de um conjunto restrito de géneros televisivos. Em Portugal, é óbvio que essa é uma tendência já instalada há vários anos, havendo uma oferta muito delimitada (sobretudo centrada nos concursos, novelas e programas de humor) que não se verifica nos mercados europeus de uma maneira geral". Cádima afirma ainda que este é um sinal da "decadência da televisão generalista". "Os portugueses sentem-no de forma mais dramática não só pelas condições do mercado como pelos erros cometidos em matéria política, legislativa e de regulação."

Sem querer adiantar os trunfos para 2011, nomeadamente o regresso de ‘Dança Comigo’, apresentado por Catarina Furtado, José Fragoso, director de programas da RTP1, diz que os concursos de talentos "fazem parte do entretenimento familiar, uma linha que vamos continuar a alimentar".

Satisfeito com os resultados de ‘Operação Triunfo’, apresentado por Sílvia Alberto, tanto no pequeno ecrã como noutras plataformas, nomeadamente nas redes sociais, Fragoso defende que estes formatos podem ser considerados serviço público se forem feitos com qualidade. "Devem revelar pessoas, talentos, mostrar a sua evolução e, sobretudo, ter uma visão positiva dos concorrentes. Um bom programa de televisão deve distinguir-se pela qualidade e atrair todas as classes etárias de forma a reunir a família. Isso acontece com a ‘Operação Triunfo’ e o ‘Dança Comigo’, ambos da Endemol." Já na TVI, o concurso ‘Uma Canção Para Ti’, destinado a concorrentes de palmo e meio e apresentado por Júlia Pinheiro e Manuel Luís Goucha, pode vir a ter nova temporada. As várias edições deste formato obtiveram sempre excelentes desempenhos.

Tanto ‘Got Talent’ como ‘X Factor’ foram criados por Simon Cowell, um executivo da BMG do Reino Unido que também assume o papel de jurado nestes dois concursos, assim como em ‘American Idol’, onde chama a atenção pelas suas duras críticas, muitas delas consideradas até insultuosas. Na verdade, poucos são os talentos e as vozes que o convencem. Contudo, graças à sua popularidade, Cowell já é considerado uma das figuras mais influentes da televisão, assim como uma das mais bem pagas. O britânico foi elogiado pelo magnata dos ‘media’ Rupert Murdoch, que o classificou como um "executivo sem precedentes". "Quem disse que a fama, o dinheiro e o sucesso vos destrói está completamente enganado", afirma Simon Cowell.

CLÁUDIA VIEIRA É APOSTA DA SIC NA APRESENTAÇÃO

A estreia na condução da última edição do ‘Ídolos’ abriu novas portas a Cláudia Vieira, que, ao lado de João Manzarra, apresenta agora a quarta edição deste formato de sucesso na SIC. "Um e outro estão muito bem. Ganharam uma empatia muito forte, que passa no programa", diz Nuno Santos, director de programas do canal. Particularizando o desempenho da apresentadora, de 31 anos, Nuno Santos vai mais longe e considera que esta "deu um salto qualitativo". Cláudia Vieira, também actriz e manequim, continuará a ser um dos rostos nos quais a SIC pretende apostar em 2011.

PRIMEIROS TALENTOS NA TV

VISITA DA CORNÉLIA

Transmitido pela RTP 1, em 1977, ‘A Visita da Cornélia’ foi um concurso que revelou a Portugal uma série de gente divertida e cheia de talento. Raul Solnado foi o apresentador deste programa, que se tornou no maior êxito televisivo daquele ano.

TV ÍDOLOS CONCURSOS OPERAÇÃO TRIUNFO FACTOR X ACHAS QUE SABES DANÇAR? PORTUGAL TEM TALENTO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)