Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
7

Filha de Fidel correspondente

Alina Fernandez, filha de Fidel Castro, tornou--se correspondente da CNN. A cubana, exilada nos Estados Unidos, há 13 anos, já conduz, em Miami, um programa de rádio.
6 de Agosto de 2006 às 00:00
Filha da relação extraconjugal de ‘el comandante’ com Natalia Revuelta, Alina acaba de ser contratada por uma das estações de televisão mais conceituadas do Mundo. A CNN já anunciou, oficialmente, a aquisição da cubana fugida da ilha prisão e da vilania paterna. Alina, 47 anos, tem apresentado, numa rádio de Miami, um ‘talk show’ intitulado ‘Simplesmente Alina’, dando voz aos que, como ela, se sentem revoltados pela tirania de um “homem barbudo” que conheceu aos dez anos.
Alina nunca olhou para Fidel como um pai. Ela própria, que escapou da ilha por chamar a atenção, usando uma boina Chanel e a cara carregada de ‘rouge’, um dia, disse porquê, de forma singela, mas elucidativa: “Quando necessitava de ajuda para perceber o Teorema de Pitágoras, ele estava na TV explicando Genética ao povo durante 12 horas....”
Ver comentários