Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

Foi difícil estar longe do Santiago

Fernanda Serrano esteve afastada do marido, Pedro Miguel Ramos, e do filho, Santiago, durante dez dias. A actriz deslocou-se a Luanda para gravar alguns episódios da próxima novela da TVI, ‘Dei-te quase tudo’. Por isso, ontem, na chegada a Lisboa, o maior desejo era reencontrar a família. “A viagem foi muito cansativa. Estou cheia de saudades e só quero chegar a casa e abraçar o meu filho. E também tenho imensas saudades do meu marido, como é obvio.”
19 de Novembro de 2005 às 00:00
Fernanda Serrano foi recebida no aeroporto pela amiga Rosa Guerra
Fernanda Serrano foi recebida no aeroporto pela amiga Rosa Guerra FOTO: Gonçalo Oliveira
Pedro Miguel Ramos não estava no aeroporto para receber a mulher. Rosa Guerra, uma amiga, com quem Fernanda trabalha há dez anos na NBP, é que a foi esperar. “O meu marido está com o meu filho em casa à minha espera”, justificou assim a protagonista de ‘Dei-te quase tudo’ a ausência do marido.
Enquanto estava em Angola, Fernanda Serrano festejou o 32.º aniversário. A actriz diz que foi um dia diferente de todos os outros e que lhe custou muito a passar longe dos que gosta. “Fiz anos terça-feira e passei o aniversário com os colegas de trabalho. Custou um bocadinho estar nessa data longe da minha família, mas vou comemorar a data agora.”
Para a actriz, o mais complicado de gerir nos últimos dez dias em Luanda foram os sentimentos. “Foi muito difícil ter estado sem o Santiago, dado ter sido a primeira vez que nos separámos desde que ele nasceu. Qualquer mãe longe de um filho sofre.”
Gravar em terras africanas deu, todavia, um gozo especial a Fernanda. “Adorei Luanda e gostei de lá trabalhar. As gravações correram muito bem e, em princípio, não terei de voltar. Só se for numa fase mais avançada da novela.”
O facto de Fernanda Serrano ter de ir trabalhar alguns dias para fora do País surgiu de forma inesperada. Por isso, a actriz não teve sequer tempo para se preparar psicologicamente. No entanto, embora não tenha gostado particularmente da imposição da NBP, o profissionalismo falou mais alto e Fernanda lá foi para Luanda cumprir a sua missão. “Trabalhar em televisão é isso mesmo. As decisões tomam-se de um momento para o outro. Já estou habituada.”
As gravações de ‘Dei-te quase tudo’, com estreia marcada para o início de 2006, estão numa fase bastante avançada da trama.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)