Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

Fúria legislativa na Comunicação

Francisco Pinto Balsemão foi ontem distinguido em Madrid com o Prémio Rafael Calvo Serer, que lhe foi entregue pelo príncipe das Astúrias. Durante o seu discurso o patrão da SIC falou sobre as “fúrias legislativas” que se vivem nos meios de Comunicação Social.
7 de Setembro de 2007 às 00:00
Francisco Pinto Balsemão com os príncipe Felipe
Francisco Pinto Balsemão com os príncipe Felipe FOTO: Manuel H. de Leon/Epa
“O rigor das limitações, as sanções previstas e o excesso de poderes concedidos pelas novas leis às entidades reguladoras podem gerar um clima de medo e conduzir à autocensura”, afirmou o presidente da Impresa, referindo-se ao novo Estatuto do Jornalista, que tanto tem dado que falar na classe.
O patrão da SIC referiu-se ainda à necessidade de nos continuarmos “a preocupar com o funcionamento e exercício da liberdade de informação nas nossas ainda jovens democracias. Sabemos que os poderes político e económico não gostam do jornalismo independente e de qualidade e procuram condicioná-lo, ameaçá-lo e corrompê-lo, o que, por vezes, infelizmente, conseguem”.
Antes de encerrar o seu discurso e passar aos agradecimentos, em especial dirigido ao príncipe das Astúrias, que lhe entregou o prémio, Balsemão, um defensor acérrimo da liberdade de informação, referiu-se ainda à não existência da mesma em “vastas zonas da Ásia, África e Médio Oriente” e à necessidade de lutar por ela a nível global.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)