Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media

GfK garante estar a cumprir plano

A medição de audiências pela GfK volta a estar no centro da polémica, com a RTP e a TVI a pedirem a intervenção da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), para analisar o sistema de audimetria, que, dizem, "não está a funcionar". Contudo, António Salvador, director- -geral da GfK, garante ao CM que o plano de alterações aprovado pelos canais está a ser cumprido.

20 de Novembro de 2012 às 01:00
audimetria, gfk, audiências, polémica, tvi, erc
audimetria, gfk, audiências, polémica, tvi, erc

"O processo está a decorrer de forma pacífica e está tudo dentro do previsto", assegura ao CM, garantindo que será respeitada a data limite para que o novo sistema esteja a funcionar em pleno (Janeiro de 2013).

Entre as alterações a efectuar, destaque para a mudança do ‘estudo de base’, a partir do qual é criado o painel onde são instalados audímetros. Esta fase, que deverá demorar cerca de dois meses, ainda não está terminada. "Ainda estamos a trabalhar nisso, como, aliás, estava previsto", diz António Salvador. Depois de alterar o ‘estudo de base’, a GfK terá de ajustar o painel, que a CAEM sugeriu ser estratificado em cinco variáveis (região, habitat, agregado, classe social e tipo de acesso à TV). Entretanto, esta sexta-feira deverá ter lugar uma reunião entre os responsáveis da GfK, que começou a medir as audiências em Março, e o presidente da RTP, Alberto da Ponte.

As recentes críticas ao sistema e a solicitação da intervenção da ERC surpreenderam Luís Marques, presidente da CAEM (Comissão de Análise de Estudos de Meios), precisamente porque "o plano de correcções enviado à GfK está em curso", adiantou.

audimetria gfk audiências polémica tvi erc
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)