Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
7

Governo anuncia acordo sobre tempos de antena

O Governo anunciou esta sexta-feira o acordo com as estações de televisão sobre os tempos de antena para as Presidenciais, implicando uma redução global de 15,6 por cento face aos valores das eleições legislativas de 2009.
7 de Janeiro de 2011 às 20:02
Valores dos tempos de antena sofreram redução global de 15,6 por cento
Valores dos tempos de antena sofreram redução global de 15,6 por cento FOTO: Pedro Catarino

"As negociações para a transmissão dos tempos de antena, no âmbito das  eleições Presidenciais 2011, foram concluídas com sucesso, tendo havido acordo entre o Governo, as estações televisivas, rádios nacionais e regionais",  informou, em nota, o Ministério da Administração Interna (MAI), que conduziu as negociações.  

"Os resultados obtidos reflectem uma orientação do Governo, que traduz  uma preocupação de contenção orçamental e sustentabilidade financeira",  refere a mesma nota endereçada à agência Lusa.   

Em comparação com as legislativas de 2009, as estações televisivas terão uma diminuição percentual de 15,6 por cento, em valores sem IVA, enquanto o total global, com todos os órgãos, será de menos de 13.3 por cento.

A SIC e a TVI admitiram na quinta-feira não emitir os tempos de antena referentes às presidenciais, devido a uma divergência sobre o pagamento do espaço televisivo.

De acordo com fontes das estações privadas, o Governo propôs que o montante transferido para as televisões fosse menor em 30 por cento, em relação ao pago no último acto eleitoral em 2009.

A SIC e a TVI estariam dispostas a aceitar apenas uma redução de cinco por cento, enquanto que a RTP teria aceitado uma redução de 15 por cento.

Presidenciais televisão tempo antena
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)