Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Grupo Ongoing vende sede por oito milhões

Edifício no centro de Lisboa foi a base de operações da empresa de Nuno Vasconcellos.
Hugo Real 17 de Dezembro de 2016 às 16:50
Antiga sede da empresa situa-se na rua Vítor Cordon, no centro de Lisboa
Antiga sede da empresa situa-se na rua Vítor Cordon, no centro de Lisboa FOTO: João Santos
A sociedade VC 19, criada para gerir a sede da Ongoing, chegou a acordo para vender o edifício situado no Chiado, Lisboa, que desde 2008 foi a base de operações do grupo de Nuno Vasconcellos.

Segundo apurou o CM, o contrato de promessa de compra e venda já foi assinado e a escritura deve ser realizada até ao final do ano. A identidade do comprador é ainda desconhecida, mas o valor do negócio rondará os oito milhões de euros. Sensivelmente o mesmo que a VC 19 gastou na compra e nas obras realizadas no edifício.

Depois de concluída a escritura, os oito milhões serão utilizados para pagar a dívida existente relativa à compra do prédio (cerca de seis milhões a serem pagos ao Novo Banco). O restante será entregue à dona da VC 19, uma outra sociedade onde a Ongoing detém menos de um terço do capital. Ou seja, a empresa, que já declarou insolvência, deverá receber 700 mil euros, que poderão ser distribuídos pelos seus credores, que reclamam 1,2 mil milhões.

O remanescente será entregue a outros acionistas da sociedade que controla a VC 19. E, de acordo com fontes ouvidas pelo CM, entre estes estão membros da família Vasconcellos, nomeadamente Isabel Rocha dos Santos, mãe de Nuno Vasconcellos.

Os credores de outras empresas do grupo, como a ST&SF, do ‘Diário Económico’, não vão beneficiar com esta venda.
VC Lisboa Nuno Vasconcellos Novo Banco Isabel Rocha dos Santos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)