Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
3

Homenagem em Moscovo a jornalistas assassinados

O centro de Moscovo foi este domingo palco para uma homenagem aos 211 jornalistas assassinados na Rússia nos últimos quinze anos.
17 de Dezembro de 2006 às 15:22
Cerca de 400 pessoas participaram na acção, realizada na Praça Pushkin, no centro da capital russa, em que foi lida uma lista de 211 jornalistas falecidos nos últimos 15 anos em diversos conflitos armados ou assassinados no cumprimento da sua profissão.
Num comunicado distribuído no local, a União dos Jornalistas da Rússia (UJR) salienta que o objectivo desta acção "consiste em prestar homenagem aos colegas assassinados e lembrar à sociedade que a violência contra pessoas que têm como única arma a escrita, é vergonhosa e inadmissível".
Depois da leitura da lista dos jornalistas assassinados, os manifestantes fizeram um minuto de silêncio em memória das vítimas.
A iniciativa reuniu jornalistas, familiares dos profissionais mortos e políticos liberais. O local foi vigiado por um forte dispositivo da polícia, sendo o número de agentes superior ao dos manifestantes.
Entre a multidão viam-se vários retratos de jornalistas assassinados, especialmente de Anna Politkovskaia, assassinada a tiro a 7 de Outubro passado quando preparava a publicação de um artigo sobre as torturas na Tchetchénia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)